Para Iniciantes: variações das garrafas de vinho

Hoje vou abordar o tema garrafa de vinho, que desperta a curiosidade em muita gente. Primeiro vou explicar um pouco sobre o tamanho da garrafa, depois a cor e, por último, o formato. Acompanhe abaixo e fique por dentro!

Tamanho da garrafa

A técnica do sopro desenvolvida na Síria no século I A.C permitiu o desenvolvimento da garrafa de vidro, que evoluiu para o formato atual (com gargalo, pescoço, ombro, bojo e base) e, hoje, em todo o mundo a sua capacidade padrão para armazenamento de vinhos é de 750ml. Podendo variar nos seguintes tamanhos, também padronizados:

tamanho-garrafas-de-vinho1
Tamanho de garrafas de vinho
  1. Meia-garrafa – 375ml
  2. Garrafa – 750ml
  3. Magnum – 1,5l
  4. Jeroboam ou Double Magnum  – 3l
  5. Réhoboam – 4,5l
  6. Imperial ou Matusalém – 6l
  7. Salmanazar – 9l
  8. Balthazar – 12l

Vale ressaltar que os vinhos armazenados em garrafas maiores, envelhecem de forma mais lenta, por conta da menor proporção de ar em relação ao volume de vinho em contato com o oxigênio. Dessa forma, garrafas maiores são mais caras e, consequentemente, mais cobiçadas, principalmente em leilões. Existem ainda, as seguintes garrafas:

  • Nabucodosor – 15l
  • Melchior – 18l
  • Solomon – 20l
  • Soberano – 25l
  • Maximus – 130l

Cor da garrafa:

A cor do vidro da garrafa de vinho varia segundo as regiões e os diversos tipos de vinho. No entanto, usa-se mais a cor escura para proteger o vinho do excesso de luz.

Formato de garrafa:

Quanto ao tipo, as mais comuns são:

transferir (1)
Formatos de garrafas de vinho

1) Bordalesa – É a mais utilizada em todo o mundo e, como sugerido pelo nome, foi criada em Bordeaux. É reta, de ombro alto e verde escura para os vinhos tintos e brancos secos. No Novo Mundo é utilizada para engarrafar muitos Cabernets Sauvignons.

2)Borgonhesa – Proveniente da Borgonha, essa garrafa possui um bojo mais amplo e ombros mais suaves. É o principal recipiente para engarrafar os grandes Chardonnays e Pinot Noirs da Borgonha e do Novo Mundo. A cor preponderante é o verde.

3)Alsácia/Reno – A garrafa da Alsácia tem o formato de flauta e o corpo se afila com o gargalo. Não possui ombros. As garrafas do Reno são de cor verde amarronzado, as de Mosel e da Alsácia são de cor verde.

4)Champanhe – Essas garrafas seguem um formato padrão adotado em todo o mundo. São mais resistentes que as demais com paredes mais grossas para resistir à pressão interna causada pelo gás carbônico

5) Francônia – Mais comum para conter vinhos da região da Francônia (Alemanha) mas também são utilizadas para vinhos portugueses, especialmente, verdes e rosados.

Bem, espero que tenham gostado da explicação. Se quiserem deixar comentários abaixo, ficarei feliz 🙂

Abraços e até a próxima semana.

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vik Chile vence prêmio ‘South America’s Leading Wine Region Hotel’ pelo segundo ano consecutivo

O Vik Chile foi premiado pelo segundo ano consecutivo com o renomado prêmio “South America’s…

Casa Chandon Garibaldi: O Refúgio dos Amantes de Espumantes

Localizada na pitoresca cidade de Garibaldi, na Serra Gaúcha, a Casa Chandon é muito mais…

Em Brasília, Cooperativa Vinícola Garibaldi leva novidades à Expovitis

Brasília se prepara para receber um dos eventos mais aguardados pelos entusiastas e profissionais da…

Prêmio Queijo Brasil

Em uma noite memorável em Blumenau (SC), ocorreu a entrega do Prêmio Queijo Brasil, um…