Wine Tasting da Porto a Porto

Equipe Porto a Porto
Equipe Porto a Porto

A importadora de vinhos e produtos gastronômicos, Porto a Porto, celebrou seu vigésimo quinto aniversário com grande estilo através do evento Wine Tasting, que reuniu mais de 20 produtores de vinho de diversas regiões da Europa e América do Sul, além de contar com a presença de mais de 700 parceiros e clientes.

O evento foi realizado em duas cidades distintas, Curitiba e Brasília, nos dias 15 e 17 de agosto, respectivamente. A ocasião proporcionou um ambiente de conexão entre produtores e clientes (B2B), onde estes últimos tiveram a valiosa oportunidade de degustar as mais recentes novidades das vinícolas, bem como as novas safras de rótulos já consagrados.

A Wine Tasting Curitiba tomou lugar na elegante Casa de Festas do Graciosa Country Club, reunindo cerca de 500 participantes. Já em Brasília, o evento foi realizado no espaço do Renata La Porta Buffet. Em total, o público presente teve o privilégio de explorar cerca de 200 rótulos vindos de dez países distintos. Os locais, que também se tornaram “instagramáveis”, inspiraram os convidados a capturarem belíssimas fotografias ao longo das celebrações.

“Os eventos foram meticulosamente planejados para celebrar um quarto de século da nossa empresa, para brindar as relações de longa data que nutrimos com nossos fornecedores, e para confraternizar com todos os nossos amigos, clientes e parceiros”, expressou Camila Podolak, a gerente de marketing da Porto a Porto. Ela adiciona: “Tanto em Curitiba quanto em Brasília, cada detalhe foi organizado com extrema atenção para assegurar que todos os convidados tivessem a melhor experiência possível no universo dos vinhos”.

Os participantes tiveram a oportunidade de explorar e degustar uma variedade de vinhos em 22 mesas temáticas, complementadas por três estações gastronômicas destacando produtos Paganini, incluindo massas, risotos, polenta e couscous. Estes pratos foram preparados por renomados chefs de cozinha, como Guilherme Guzela em Curitiba, e Babi Frazão (embaixadora Paganini), Celso Jabour (do Sweet Cake) e Renata La Porta em Brasília.

 

Argentina
David Bonomi, um dos enólogos mais premiados da atualidade, apresentou os vinhos da vinícola Norton, localizada em Mendoza. Os rótulos Privado Family Blend, elaborado em Luján de Cuyo, e Lote Negro, do Vale de Uco, foram os grandes destaques.
Da mesma região vieram os vinhos Alambrado, apresentados por Rodolfo Gil, da Bodega Santa Júlia, e a linha Alfredo Roca, da bodega do mesmo nome e que foi representada por Alejandro Roca, filho do fundador.
Chile e Uruguai
A presença de Rodrigo Díaz, da vinícola chilena Santa Carolina, e Leonardo Montes, da uruguaia Montes Toscanini, completaram o quadro de produtores que mostraram o que há de melhor na produção enológica sul-americana. Os tintos uruguaios Reserva Familiar Cabernet Sauvignon e o Gran Tannat Premium surpreenderam pela altíssima qualidade.
Oscar Montaña
Oscar Montaña
Espanha
O espanhol Oscar Montaña, diretor das vinícolas Marqués de Tomares e Premium Fincas, encantou o público com sua simpatia e vinhos impecáveis. Destaque para os tintos Petit Vega 18 e 28 meses, elaborados na DO Ribera del Duero.
Já a vinícola Domínio de Punctum, localizada na região de Castilla-La Mancha e produtora de rótulos orgânicos, esteve representada pelo espanhol José Candau Martin, que serviu as linhas 99 Rosas.
França
Quem passou pela Wine Tasting pôde se deliciar com os prestigiados vinhos da Maison Moillard, da Borgonha, representada pela francesa Amandine Castillon. Entre os rótulos mais disputados, Chablis Premier Cru Beauroy e Pommard Premier Cru Les Charmots.
Ainda da França, marcaram presença os irretocáveis vinhos da Denis Dubourdieu Domaines. Havia uma boa variedade de champanhe, como Deutz, Mandois e Maxim’s. Ainda da França, foram degustadas novas safras de vinhos consagrados, como o Château Caronne Ste. Gemme, um belíssimo exemplar de Bordeaux.
Itália
Grillo, Greco di Tufo, Negroamaro e Nerello Mascalese foram algumas das uvas das regiões do sul da Itália – Abruzzo, Basilicata, Sicília e Puglia – apresentadas pelo italiano Marco Scarinci, que representa vinícolas como Luccarelli, Cantina Caldora e Vigneti del Vulture, entre outras.
Vinhos do Piemonte foram destaques na mesa da Bosio Winery onde o representante da vinícola, Alejandro Panighini, serviu a linha completa da Truffle Hunter Leda.
Em Curitiba, os visitantes puderam conversar ainda com o italiano Massimo de Grandis, da consagrada linha Corbelli, elaborada com diferentes uvas e regiões da Itália.
As estilosas linhas Voga e Belvino, com suas garrafas modernas de brancos, tintos, rosés e espumantes, estiveram presente na mesa da Enoitalia, representada por Rosana Pasini. Alejandro Lopez, da Sperone, serviu os espumantes italianos brut, Prosecco DOC, rosé, moscato e Asti. Barolo DOCG Palás Michele Chiarlo e Brunello di Montalcino DOCG Camigliano foram rótulos disputados.
José Miguel Faria
José Miguel Faria
Portugal
As renomadas vinícola CARMIM, Caves Messias, João Portugal Ramos e Filipa Pato – parceiras de longa data da Porto a Porto – expuseram o que há de melhor na produção portuguesa.
O representante da João Portugal Ramos, José Miguel Faria, apresentou rótulos renomados, como o Marquês de Borba Reserva DOC Alentejo e Duorum Reserva DOC Douro.
Nuno Ferreira
Nuno Ferreira
Entre os rótulos servidos por Nuno Ferreira, da CARMIM, os destaques foram o branco Tarefa e o tinto Reguengos Reserva Garrafeira dos Sócios DOC Alentejo. Do estande da Caves Messias, com a presença de Paulo Marques, destacaram-se os vinhos Quinta do Penedo DOC Dão branco e tinto.
Filipa Pato, apesar de não ter vindo ao Brasil, esteve presente com oito rótulos, dentre eles os premiados Nossa Calcário branco e tinto, sendo que este último, da safra 2019, recebeu 95 pontos do crítico Robert Parker.
@portoaporto
Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Série de Eventos Vinhos Verdes no Brasil em 2024

Mais uma vez no Brasil, a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV)…

Crescimento do Consumo de Vinho no Brasil e a Harmonia com a Culinária Goiana

Enquanto o consumo global de vinho diminui, o Brasil registra um crescimento expressivo, adotando vinhos…

Vinícola Viapiana: Excelência em Vinhos e Espumantes

Reconhecida por elaborar vinhos e espumantes diferenciados e de alta qualidade, com ênfase em pequenos…

Primeiro vinho coletivo com Denominação de Origem no Brasil

O Vale dos Vinhedos é uma região reconhecida pela singularidade de seus vinhos, que refletem…