Concurso do Espumante Brasileiro bate novo recorde

Concurso do Espumante Brasileiro teve um alto número de amostras inscritas

A primeira edição do Concurso do Espumante Brasileiro, foi realizada em 2001, e de lá pra cá o número de amostras inscritas não parou de crescer, assim como as vinícolas. Num aumento contínuo, o evento acaba de bater novo recorde confirmando a inscrição de 425 amostras de 93 vinícolas de seis estados (Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo), além do Distrito Federal. O concurso será realizado de 13 a 15 de outubro na Capital do Espumante Brasileiro, em Garibaldi (RS), numa realização da Associação Brasileira de Enologia.

O incremento no número de espumantes foi de 13%, mostrando a representatividade e a aposta do setor vitivinícola brasileiro no produto. Com expectativa superada, agora a ABE intensifica os trabalhos para a degustação, que seguirá normas internacionais estabelecidas pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV). As sessões serão realizadas às cegas no Centro de Eventos do Hotel Dall’Onder SKI com a participação de mais de 45 técnicos, entre eles enólogos, sommeliers e jornalistas especializados, divididos em seis júris.

Grande variedade de amostras

Para o presidente da ABE, enólogo André Gasperin, depois de ter superado os números de 2019, agora a expectativa se volta para a qualidade dos espumantes. “A evolução do espumante brasileiro vem surpreendendo os jurados a cada edição. Esperamos que este ano esta constatação se repita ao final do evento”, destaca. Na edição passada, 125 espumantes foram premiados com notas superiores a 88 pontos. Destes, 14 conquistaram Grande Medalha de Ouro superando os 92 pontos. “O Concurso do Espumante Brasileiro é uma janela para o mundo, expõe nossos melhores espumantes tanto no mercado interno, quanto externo, sendo referência de pesquisa para quem busca apreciar rótulos diferenciados”, complementa o presidente.

O concurso avalia espumantes naturais, provenientes de uvas vitis viníferas, obtidos a partir dos diferentes métodos, que estejam sendo comercializados normalmente pelas empresas nas categorias: espumantes de segunda fermentação (charmat e tradicional) e espumantes de primeira fermentação (moscatéis). Serão premiados os espumantes melhores classificados por categoria, respeitando o limite de 30% dos inscritos conforme normas internacionais.

Amostra de vinho

Para ficar por dentro de todas as informações do concurso basta acessar o site: https://www.enologia.org.br

Leia: Dia da sobremesa é comemorado em outubro

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos premiados no Wine Piri Jazz

Conheça os vinhos premiados por Marcelo Copello no Wine Piri Jazz. Foram avaliados 62 vinhos…

Evento de Harmonização de Vinhos Italianos Tenuta Ulisse

Na última quinta-feira (20), o perfil @vinhosporetienne teve o privilégio de participar de um evento…

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…