Diferença entre Tanino e Acidez. Aprenda!

5151c301e0755s13715_p

Uma das dúvidas mais frequentes para quem começa a beber vinho  está relacionada à diferença entre tanino e acidez. Em post publicado aqui no blog, eu expliquei bem direitinho o que são os taninos e para que servem (relembre aqui), mas agora vou sintetizar e compará-lo à acidez para tentar esclarecer de forma prática a diferença entre cada um desses compostos do vinho.

Bem, o tanino é, de forma bem objetiva, aquela substância encontrada nos vinhos tintos que provoca uma sensação de amargor e de “travamento” da língua, igual a que acontece quando se come uma banana verde. O tanino é muito mais perceptível nos vinhos tintos, pois, como nos brancos a fermentação acontece, em geral, sem a presença das partes sólidas das uvas (inclusive casca), esse componente aparece em quantidades mínimas sendo difícil detectá-lo.

vino-bianco-e-rosso--vino-bianco--bere-alcolici--pub_3323163
O tanino é muito mais perceptível nos vinhos tintos

Já a acidez é aquela sensação de salivação nas laterais da gengiva, algo como se tivéssemos chupando um limão. Todos os vinhos contém uma variedade de ácidos naturais, principalmente o ácido tartárico, o málico, o láctico e o cítrico. Além de evitar que o vinho se estrague durante a fermentação, os ácidos contrabalançam a doçura do vinho e lhe conferem equilíbrio e um gosto mais fresco. A acidez equilibrada é bem vinda tanto em vinhos tintos como em vinhos brancos. Nos brancos, particularmente, é essencial para para garantir a refrescância.

Então, quando você for degustar um vinho, preste bastante atenção a essas sensações percebidas na boca. Se você sentir secura após degustá-lo, então, estará apreciando um vinho tânicoCaso você salive, estará diante de um vinho ácido. Vale lembrar que um não exclui o outro e que o mais importante é o equilíbrio tanto do tanino quanto da acidez. É importante também saber que vinho com excesso de tanino é chamado de “duro” e um vinho sem acidez é conhecido como “chato“.

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Atrações WOW para férias em julho

Se você está planejando suas férias em Portugal neste mês de julho, uma visita ao…

Enólogo da Argento Apresenta Vinhos no Brasil

Nesta semana, o renomado enólogo argentino Juan Pablo Murgia, responsável pelos vinhos da Bodega Argento,…

Linha Carmen Reserva Frida Kahlo

Magdalena Carmen Frida Kahlo Calderón, nascida em 6 de julho de 1907, em Coyoacán, México,…

ORO, as adegas que conquistaram os brasilienses

Ter uma boa adega em um restaurante é indispensável. Não dá para caprichar na cozinha…