Doçura no vinho. Saiba mais sobre isso!

Vinho doce, Demi-sec e Seco. Você já deve ter visto estampado em rótulos ou  ouvido falar nestes termos e se perguntado: “Certo. Mas, afinal, o que isso significa?” Nesse post vou explicar direitinho o que quer dizer cada um desses conceitos que, na verdade,  estão relacionados à quantidade de açúcar presente no vinho.

Você sabia que a percepção do sabor doce é bastante variável? Pois é, de modo geral, uma pessoa somente começa a sentir tal sabor a partir dos 4-5 gramas de açúcar. Dessa forma muitos países, classificam como secos os vinhos que possuem até 5 gramas de açúcar por litro. No caso do Brasil, o vinho pode ser considerado seco se tiver, no máximo, até 4 gramas de açúcar por litro. A partir desta quantidade ele vai ser chamado demi-sec ou meio-seco.

É importante frisar que o açúcar que encontramos nos vinhos de qualidade se originam por meio da uva, depois do processo de fermentação. Portanto, o seu sabor doce não vem da adição de açúcares de outras origens. O artifício de adoçar propositalmente o vinho é usado em geral nos famosos vinhos de garrafão, feitos a partir de uvas de mesa, como Isabel, Bordô etc.

Confira o entendimento da legislação brasileira sobre o assunto e aprenda a denominação correta para cada tipo de vinho:

  • Secos: os que possuem até 4g de açúcar por litro; portanto, não terá um dulçor perceptível;
  • Demi-Sec ou meio-seco: de 4,1 a 25g de açúcar por litro; dependendo do vinho, pode não ser encontrado nenhum traço de doçura (vinho com 4,1g) como podem ser encontrado vinhos bem doces, os com 25g, por exemplo.
  • Suaves ou Doces: Acima de 25,1g e menos de 80g de açúcar por litro; aqui se encaixam vinhos de sabores bem adocicado.

Classificação dos espumantes

Já os espumantes possuem uma classificação um pouco diferente e são classificados da seguinte forma abaixo.

  • Nature: até 3g de açúcar por litro;
  • Extra-brut: de 3g a 8g de açúcar por litro;
  • Brut: de 8g a 15g de açúcar por litro;
  • Seco: de 15g a 20g de açúcar por litro;
  • Demi-sec: de 20 a 60g de açúcar por litro;
  • Doce: acima de 60g de açúcar por litro.

 Atente que um espumante seco possui muito mais açúcar do que um vinho considerado seco. Logo, se você prefere espumantes menos doces, opte por um nature, extra-brut ou até mesmo um brut, ok? Confira abaixo a classificação e não erre mais na hora de escolher o seu espumante!

 

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Açougue do Berg: Promoção de vinhos de inverno

Com a chegada do inverno, o Açougue do Berg traz uma novidade especial para os…

Congresso Abrasel discute inovações no setor de alimentação

Nos dias 14 e 15 de agosto, o 36º Congresso Abrasel | Mesa ao Vivo…

Expovitis 2024 começa nessa sexta

Brasília se prepara para se tornar o epicentro do enoturismo brasileiro com a realização da…

Aurora Lança Campanha de Inverno Destacando Vinhos Finos

A Cooperativa Vinícola Aurora, líder na comercialização de vinhos finos brasileiros, lançou sua campanha de…