Minas Gerais terá o primeiro bar de vinhos flutuante

Minas Gerais ganhará seu primeiro bar de vinhos flutuante, o Almas Gerais, em um investimento de R$ 1,5 milhão. Este empreendimento faz parte do ambicioso e inovador projeto enoturístico no Sul do estado, conhecido como Enovila.

Localizado na represa do Funil, que se estende por 40,49 km² nos municípios de Bom Sucesso, Perdões, Ijaci e Ibituruna, o Almas Gerais se destaca por ser um wine bar único no Brasil. Diferente de outras iniciativas, ele não ficará ancorado, mas circulará pela represa durante todo o seu funcionamento. Essa característica exclusiva promete oferecer aos visitantes uma experiência única, integrando a beleza natural das águas com a sofisticada degustação de vinhos.

O Almas Gerais será uma das principais atrações do Enovila, um complexo enoturístico em desenvolvimento que será totalmente inaugurado em janeiro de 2027. Este projeto grandioso incluirá a construção de uma vila de 60 casas no sistema de compartilhamento. Os proprietários das cotas terão a oportunidade de acompanhar todas as práticas do dia a dia de um vinhedo por quatro semanas ao ano. Isso incluirá o processo de produção, o plantio, as vindimas, além de ter acesso a rótulos exclusivos, uma adega personalizada, e até a possibilidade de fazer o próprio blend e projetar sua casa no local com a assinatura do renomado arquiteto Gustavo Penna.

O Almas Gerais, com um projeto arquitetônico de 180m² assinado por Gustavo Tavares e Vinícius Messias, foi concebido para proporcionar duas experiências distintas: uma em um ambiente intimista e outra em uma área aberta, no segundo andar, com integração direta com a represa do Funil. Com capacidade para 24 pessoas sentadas, além de um espaço sunset para 36 pessoas circulando, o wine bar também contará com uma cozinha totalmente equipada.

Inicialmente, o Almas Gerais será aberto ao público em geral aos sábados e domingos, enquanto durante a semana será reservado para eventos corporativos fechados. Com o tempo, à medida que o número de sócios da Enovila aumentar, o wine bar se tornará cada vez mais exclusivo, transformando-se em um atrativo especial para os membros do clube.

Os idealizadores do Enovila, Antônio Alberto Júnior e seu irmão Alessandro Rios, são empresários já conhecidos no mercado alimentício, com empresas como Jeito Caseiro (indústria de pães congelados), Verde Campo e Vida Veg (substitutos lácteos veganos), todas sediadas em Lavras. Eles acreditam que o Almas Gerais não será apenas uma atração para os turistas em Minas Gerais, mas também um destino relevante em âmbito nacional e internacional.

O Almas Gerais promete revolucionar o turismo enoturístico no Brasil, unindo a paixão pelo vinho com a beleza natural das águas mineiras, e criando uma experiência inesquecível para todos os visitantes.

Leia também – Dia do Coquetel: Saboreie Receitas com Vinho

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…

Júri Internacional Avalia 12º Brazil Wine Challenge

O 12º Brazil Wine Challenge, que ocorrerá de 16 a 19 de julho em Bento…

Dia do Vinho Ticiana Werner

Depois de conquistar o público brasiliense com bons vinhos, alta gastronomia e sofisticação, o Dia…