Touriga Nacional Quinta do Castro é eleito vinho do ano em Portugal

O concurso Vinhos de Portugal 2018, organizado pela ViniPortugal, elegeu o Quinta do Crasto Touriga Nacional de 2015  “melhor vinho do ano”. O vinho foi eleito o melhor dentre 1307 vinhos de 307 vinícolas de todas as regiões portuguesas. O Douro foi a região que mais prêmios obteve: além do vinho do ano, obteve também sete grandes ouros  (três nas categorias dos vinhos licorosos),  seguido pelo Dão com seis e pelo Alentejo com cinco.

O Touriga Nacional do Crasto se submeteu a um apertado processo de avaliação. Num primeiro momento, todos os vinhos foram sujeitos a uma prova cega por painéis constituídos por enólogos, jornalistas e sommeliers nacionais e estrangeiros. Feita a primeira triagem, de onde saíram 136 medalhas de ouro e 207 de prata, entrou-se na escolha final. Nesta fase, atribuíram-se 36 prêmios “grande ouro” e as distinções para os melhores vinhos do ano de diferentes categorias, entre as quais o melhor vinho do ano.

Participaram na fase final da escolha dos grande ouro, dos melhores por categoria e do vencedor absoluto John Szabo, Master Sommelier do Canadá, Evan Goldstein  dos EUA, Dirceu Vianna Junior, o único Master of Wine de língua portuguesa, do Brasil, Andrés Rosberg, presidente da ASI (International Sommelier Association), Luís Lopes, jornalista, diretor da revista Vinho Grandes Escolhas e presidente do concurso, e Bento Amaral em representação de Portugal.

Como prova da melhoria da qualidade dos vinhos portugueses, houve vários prêmios grande ouro atribuídos a regiões consideradas emergentes, como Trás-os-Montes (três) e Algarve (um). O melhor espumante foi o Beira Atlântico, o melhor branco foi o Private Selection do Esporão (Alentejo), o tinto eleito foi um Passadouro Reserva de 2015, do Douro, o varietal branco foi repartido por dois Alvarinhos (da Aveleda e o Deu la Deu Premium), o branco especial escolhido foi um Colheita Tardia da Falcoaria (Tejo), e o varietal tinto foi de novo o Quinta do Crasto Touriga Nacional.

Fonte:www.público.pt

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…

Júri Internacional Avalia 12º Brazil Wine Challenge

O 12º Brazil Wine Challenge, que ocorrerá de 16 a 19 de julho em Bento…

Dia do Vinho Ticiana Werner

Depois de conquistar o público brasiliense com bons vinhos, alta gastronomia e sofisticação, o Dia…