Vinícolas brasileiras vendem quase 18 milhões de litros nos sete primeiros meses de 2021

Vinícolas brasileiras fazem a comercialização de vinhos finos

Vinícolas brasileiras fazem a comercialização de vinhos finos brasileiros de janeiro a julho de 2021 e já superam o volume comercializado nos 12 meses de 2019. Apesar do mês de julho ter registrado uma queda de 33,04% nas vendas em relação ao mesmo mês do ano passado, vinícolas brasileiras venderam quase 18 milhões de litros nos sete primeiros meses de 2021, o equivalente a mais de 15% do registrado de janeiro a dezembro de 2019. De 15,4 mi de litros em todo ano retrasado, o setor comemora um salto para 17,8 mi de litros nos sete primeiros meses deste ano. Já o acumulado nos sete meses de 2020, de 14,6 mi de litros, passou para 17,8 mi de litros este ano, um aumento de 21,76%.

A previsão é que a velocidade das vendas no mercado interno seja retomada, mantendo o bom momento vivido pelo vinho brasileiro até junho. Historicamente um dos tradicionais na venda de vinhos finos, o mês de julho registrou melhor desempenho percentual de vendas para os espumantes brasileiros do tipo brut com um incremento de 37,09% em relação ao mesmo mês de 2020.

Há um grande aumento na produção de vinhos finos

Com um aumento de 239,70% de janeiro a julho, suco de uva lidera crescimento nas exportações, passando de 435.102 litros para 1,47 mi de litros. Em seguida vem os vinhos finos com 119,34%, que dobraram as exportações passando de 2,1 mi de litros para 4,7 mi de litros no mesmo período. Os espumantes estão com 53,33% de acréscimo na presença no exterior, passando de 322.458 litros para 494.411 litros de 2020 para 2021.

Para Deunir Argenta, presidente da União Brasileira de Vitivinicultura (Uvibra), o brasileiro está degustando mais vinho, mas aponta que que a indústria não conseguiu acompanhar, destacando os 3,8 mi de litros de vinhos finos distribuídos no mercado interno em julho de 2020 que caíram para 2,5 mi de litros no mesmo mês deste ano.

Vinhos finos são comercializados no Brasil

Comercialização de vinhos finos, espumantes e suco de uva elaborados no rio grande do sul – mercado interno (litros)


Jan/julho 2020 – Jan/julho 2021

• Vinhos Finos
– Jan/julho 2020: 14.659.904
– Jan/julho 2021: 17.850.626
– Aumento: 21,76%

• Espumantes (Brut)
– Jan/julho 2020: 3.060.157
– Jan/julho 2021: 4.565.693
– Aumento: 49,20%

• Espumantes (Moscatéis)
– Jan/julho 2020: 2.156.296
– Jan/julho 2021: 3.122.607
– Aumento: 44,81%

• Suco de Uva
– Jan/julho 2020: 88.072.506
– Jan/julho 2021: 90.938.204
– Aumento: 3,25%

Leia: Wine Garden apresenta menu de almoço e amplia seu horário de funcionamento

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Seminário apresenta resultados finais do Projeto de Enoturismo no DF

Participe do Seminário do Projeto Desenvolvimento de Tecnologias para o fomento da Vitivinicultura do Distrito…

I Love Italian Wines em Brasília

No dia 24 de maio, na bela sede da diplomacia italiana no Brasil, em Brasília-DF,…

Abrasci homenageia sommeliers de Brasília

A Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura (Abrasci) foi fundada com o propósito…

Melhores vinhos Chilenos

O Descorchados, um renomado guia de vinhos, oferece anualmente avaliações detalhadas de uma ampla gama…