Para Iniciantes: Você conhece a uva Aglianico?

Muitas pessoas conhecem os vinhos italianos, principalmente os mais famosos, como os Barolos, Chiantis,Brunellos,Supertoscanos, elaborados com uvas também conhecidas como a Nebbiolo, Sangiovese e até outras internacionais como a Cabernet Sauvignon e a Merlot. Mas hoje eu gostaria de falar de uma uva italiana um pouco diferente. Essa uva se chama Aglianico, muito conhecida nas regiões de Campania e Basilicata, no sul da Itália.

Seria o “Barolo do Sul”, como já li em alguns lugares?

É uma casta que produz vinhos tintos encorpados, escuros, tânicos, com boa acidez, aromáticos e com bom potencial de envelhecimento, especialmente quando cultivadas em solos vulcânicos. É muito comum perceber nesses vinhos notas de cerejas marrasquino, notas de violetas, chocolates e ameixas.

Aglianico del Vulture

E por falar em solos vulcânicos, é da região de Basilicata o Aglianico del Vulture, cultivado nas encostas do extinto vulcão Vulture, com vinhas que chegam a 900 metros de altitude. É possível encontrar o Aglianico del Vulture em diversas importadoras aqui no Brasil. Esse vinho da foto é da importadora Porto a Porto e, em Brasília, encontrei no Supermercado Dona de Casa por um preço super acessível.

Taurasi

Agora vamos falar do vinho mais importante produzido com essa uva: o Taurasi, que eu adoro! 😊Produzido na região da Campania, que faz fronteira com Basilicata, e que também possui solos vulcânicos. É o mais famoso tinto da região!

Taurasi da Campania
Taurasi da Campania

Esse vinho da foto é o Taurasi da Feudi de San Gregorio, um dos principais produtores da região e a foto foi tirada de um vilarejo chamado Calitri bem na fronteira de Basilicata e Campania. Para quem tiver oportunidade, a região é linda e vale a pena ser visitada.

O Taurasi também pode ser encontrado em diversas importadoras e lojas especializadas em vinhos, como a World Wine, Decanter, e outras.

Para ajudar um pouco, aí vai algumas dicas de alguns bons produtores: D´angelo, Feudi Di San Gregorio, Mastroberardino, Villa Matilde, Galardi, Paternoster.

Só uma última curiosidade, apesar de ser uma casta tipicamente italiana, fiquei sabendo que alguns produtores da Austrália e Estados Unidos estão trabalhando com essa uva e um deles é a Seghesio, que faz um Zinfandel que eu gosto muito.

Então é isso! Respondendo a pergunta do início: se é o Barolo do Sul eu não sei, mas são vinhos diferentes da Itália, de alta qualidade e que valem a pena serem degustados!

 

Texto: Bianca Dumas do instagram @vinhobonzao

 

 

 

 

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos premiados no Wine Piri Jazz

Conheça os vinhos premiados por Marcelo Copello no Wine Piri Jazz. Foram avaliados 62 vinhos…

Evento de Harmonização de Vinhos Italianos Tenuta Ulisse

Na última quinta-feira (20), o perfil @vinhosporetienne teve o privilégio de participar de um evento…

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…