Mesa ao Vivo Brasília acontece nos dias 10 e 11 de agosto

Babi Frazão, Eduardo Neiva, Léo Hamu, Léo Paixão, Luiza Jabour e Saulo Jennings são alguns dos nomes confirmados para o Mesa ao Vivo Brasília deste ano
Babi Frazão, Eduardo Neiva, Léo Hamu, Léo Paixão, Luiza Jabour e Saulo Jennings são alguns dos nomes confirmados para o Mesa ao Vivo Brasília deste ano

Nos dias 10 e 11 de agosto acontecerão as aulas-show do Mesa ao Vivo Brasília, que integra o 34º Congresso Nacional Abrasel. Para este ano, o tema escolhido foi: “Cozinha do Cerrado, da teoria à prática” e o público poderá acompanhar 26 aulas com um time de renomados chefs em duas cozinhas, ao vivo, das 13h às 18h, no Centro Universitário IESB. Os ingressos para as aulas presenciais podem ser adquiridos a partir de R$50 (meia entrada). Parte da programação, cerca de 10 aulas, também serão transmitidas online e gratuitamente pelo site do Congresso Abrasel, cuja inscrição pode ser feita em https://abrasel.co/i-inscreva-se 

O evento, liderado pela Prazeres da Mesa e pela Abrasel, traz grandes nomes da cozinha nacional e local para enriquecer a programação com aulas-show, apresentando tendências gastronômicas e os principais restaurantes do país. Entre os nomes já confirmados estão os chefs Léo Paixão, Paula Labaki e Saulo Jennings (confira abaixo a lista completa). 

Mais novidades 

O Mesa ao Vivo Brasília é ideal para quem deseja conhecer e se aprimorar no ramo da gastronomia. O participante será mais capaz de inovar em criações, aperfeiçoar a produtividade e rendimento para seus empreendimentos, tendo um contato muito mais direto com o conteúdo do evento. Quem estiver presencialmente no Mesa ao Vivo deste ano, conhecerá o Melhor das Cidades, onde o participante poderá degustar de pratos dos melhores estabelecimentos de Brasília, no fechamento de cada um dos dias. 

Além disso, quem for ao Centro Universitário IESB, poderá conhecer a Feira Farofa, evento que reúne cerca de 20 expositores. Dentre eles estarão pequenas empresas de alimentos, produtores familiares, produtos locais, em meio à alimentos frescos (cogumelos, frutas, farinha), café, chocolate, amêndoas em geral, queijos, geleias, massas, cerâmicas, utensílios de cozinha, mel. 

Participantes Mesa ao Vivo Brasília

Conheça alguns nomes já confirmados e um pouco da história dos chefs participantes do Mesa ao Vivo Brasília: 

Ana Paula Jacques
Ana Paula Jacques

Ana Paula Jacques – Pós-doutoranda em Turismo na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD). Doutora em Política e Gestão da Sustentabilidade pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável (CDS) da Universidade de Brasília (UnB). Professora efetiva de gastronomia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasiília (IFB). Idealizadora do food lab Comida pra Pensar e curadora do projeto Cerrado no Prato. Coordenadora do projeto Prospectivas para o Turismo Gastronômico no Brasil (MTUR/IFB). 

André Castro – Iniciou a sua trajetória como proprietário de bares na cidade de Salvador, como os bares Casa Amarela e Tô Nem Aí, sendo responsável por toda a parte operacional. Após esse período, André estudou Hospitalidade na Europa, evoluindo suas habilidades de cozinheiro profissional em passagem pela Itália, na região da Toscana.  Ao retornar ao Brasil, trabalhou alguns anos em redes hoteleiras até se tornar chef-executivo de um Resort. Em 2008, André Castro recebeu um convite para abrir um restaurante no coração gastronômico de São Paulo: a rua Haddock Lobo. Foi assim que nasceu o D’Olivino, um restaurante que ofertava uma culinária mediterrânea de excelência.  Em 2015, André retornou para Brasília – cidade onde cresceu – para abrir um novo projeto, o premiado Restaurante Authoral.  Hoje, o chef é sócio da Villa Pescados e toca com maestria os trabalhos do Authoral, em Brasília. 

Alexandre Aroucha – Formado em gastronomia pelo Senac Águas de São Pedro-SP, com experiências profissionais nos restaurantes Patu Anu, Universal Dinner, Zuu az/dz, suus-chef do restaurante Aquavit, com estágios nos restaurantes Noma, Copenhagen-Denmark, Kiin Kiin, Copenhagen-Denmark, D.O.M e Maní São Paulo. Chefiou o restaurante Grand Cru e Ouriço em Brasília, e atualmente chefia o restaurante Saveur. 

Babi Frazão – Especialista em cozinha e pós-graduada em Educação e nutrição aplicada à gastronomia. Se capacitou em escolas como Instituto Argentino de Gastronomia IAG – em Buenos Aires, Le Cordon Bleu São Paulo e SENAC Nacional DF. Atua como professora no curso superior de Gastronomia do Centro Universitário UDF. Em 2021 abriu seu primeiro restaurante, chamado Afeto. Em seu perfil no Instagram (@chefbabifrazao), ensina sobre gastronomia e apresenta o dia a dia de uma chef, mãe e empreendedora. 

Bárbara Bicalho e Mônica Nunes – Bárbara Bicalho, brasiliense, 37 anos. Primeira graduação em Artes Cênicas pela Faculdade Dulcina de Moraes (2008) e segunda graduação em Gastronomia na Faculdade IESB (2012). Atua há 10 anos no ramo de gastronomia como garde manger, cozinheira em restaurantes, sete anos como Chefe de cozinha da Embaixada da França e hoje sou Sócia Proprietária do Café da Embaixada da França e do restaurante Iacina Gastronomia.
Mônica Nunes, paraense, reside em Brasília há 20 anos. Formada em letras/ português e gastronomia. Atuo na área de gastronomia há 12 anos, entre gerência, consultoria e chefe de cozinha. Hoje sou juntamente com minha companheira, Bárbara Bicalho, Sócia Proprietária do Café da Embaixada da França e do restaurante Iacina Gastronomia. A cozinha é nortista com uma pegada no Nordeste. Tudo muito típico, sempre pensando no sabor, nas cores e na autenticidade dos pratos paraenses.

Breno Araújo Oliveira – Instrutor de Gastronomia no IESB, Consultor Instrutor e Agente de Orientação Empresarial no Sebrae/DF e Sebrae Nacional, Chef de Cozinha na Soulchef, Chef de Padeiro no Cristina Roberto Buffet, Chef Confeiteiro no Base Concept Hotel. Mestre em Turismo pelo CET/UnB. Atualmente, professor e pesquisador de gastronomia do IFB.

Carolina Barreto – É formada em Gastronomia e Confeitaria e Panificação. Iniciou sua carreira trabalhando em renomados restaurantes como DOM, Famiglia Mancini e La Casserole, além de ser Barista e Sommelière formada. Após uma temporada na Espanha, se apaixonou pelo café e suas possibilidades, ramo em que já atua há 10 anos. Atualmente é gerente de treinamento e operações do segmento profissional do Grupo 3corações, e acredita que o café pode gerar deliciosas experiências sensoriais.

Claude Capdeville – Mineiro, natural de Viçosa, Claude Capdeville morou mais de 12 anos no Rio de Janeiro, até se mudar para Brasília e elegê-la sua residência oficial, há quase 30 anos. Formado em Comunicação Social, há 20 anos entrou para a gastronomia ao montar seu primeiro boteco, a Toca do Chopp, referência em chope e comida de boteco na capital federal. Consultor de bares, restaurantes, eventos gastronômicos e proprietário do Buffet Boteco em Casa (Toca do Chopp). 

Danilo Ramos – Chef do Piry Bar e Restaurante, em Goiânia, dedicado à cozinha nordestina. Formado pelo Instituto Gastronômico das Américas e com passagem pela cozinha do chef Rodrigo Oliveira, Danilo consegue preservar o sabor e as regionalidades dessa culinária, ressaltando o que há de melhor em clássicos e receitas de família por meio de técnicas da alta gastronomia. Em sua cozinha, por exemplo, os torresmos – para ficarem crocantes e perfeitos – levam até 23 horas de preparo. Antes de assumir de vez o restaurante que existe desde 1978, o qual herdou de seu pai, Danilo formou-se em Economia pela Universidade de Brasília (UnB) e, atualmente, é presidente da Abrasel-GO.

Diego Badra – Cozinheiro e apresentador de TV. Vê a cozinha sem rótulos e de forma muito dinâmica, vai do complicado ao descomplicado sempre fazendo comida gostosa! Domina as técnicas e faz da cozinha um laboratório, para experimentar o máximo de cada ingrediente. Chefia a cozinha do Conca, seu restaurante, e para lá leva ingredientes inusitados, sazonais, e conhece a história de cada um deles e dos pequenos produtores que nos dão a oportunidade de ter esses alimentos à mesa.  É formado em gastronomia e turismo, daí vem a assinatura de um cozinheiro que explora tudo a fundo e tem curiosidade para conhecer, criar e inovar. Essa influência global traz também uma referência estética aguçada, visível na apresentação dos seus pratos. 

Duda Patriota – Tendo morado grande parte da sua vida na Suiça, Nova Zelândia e França, Duda Patriota incorporou em sua confeitaria a sutileza dos sabores e a valorização da qualidade dos insumos, de preferência produzido por parceiros locais. De volta a Brasília, cursou Gastronomia no IESB e em 2019 especializou-se em confeitaria Francesa na ENSP – École Nacionale Supérieure de Pâtisserie, dos chefs Alain Ducasse e Yves Thuries, em Yssingeaux – França. Na mesma temporada, trabalhou junto ao chef chocolatier Julien Dechanaud, em Paris. Além da confeitaria, dedicou-se também à panificação, trabalhando em padarias especializadas em fermentação natural de Brasília como Backerei e Cástalia. Em 2021 abriu sua confeitaria/cafeteria conceito: Pató. Localizada na asa norte, em Brasília, o local tem como objetivo não apenas o exercício da criatividade na confeitaria, mas, principalmente, a formação de profissionais a partir da transmissão das técnicas e conhecimentos.

Duda Patriota
Duda Patriota

Eduardo Neiva – Orgulhosamente natural de Brasília, Eduardo é sócio e mestre padeiro da padaria artesanal e cafeteria Castália. Começou fazendo pão em casa de forma despretensiosa enquanto trabalhava como produtor cultural. Passado alguns anos, mergulhou de coração no seu novo passatempo. Cursou a San Francisco Baking Institute para aprender a produzir em grande escala. Abriu a primeira padaria junto com os sócios André Neiva Tavares e Pedro Galvão em 2017. Em 2019 abriram a segunda unidade e, em 2022, abriram a Castália Pizza & Cerveja. A Castália valoriza o conceito artesanal respeitando as regras de fermentação longa por meio do uso de levain e trabalhando com farinhas e demais ingredientes de alta qualidade. Além dos pães, folhados e produtos de confeitaria, ela é conhecida por produzir in loco uma grande variedade de produtos de mercearia (como pickles, maioneses, e geleias) e proteínas curadas (como bacon, pastrami, e salmão defumado).

Ian Baiocchi – Com passagem pelos melhores restaurantes de São Paulo, dentre eles o Maní, onde permaneceu por mais tempo, logo foi buscar novos ares na Espanha. Depois de uma temporada dividida entre o El Celler de Can Roca e o Mugaritz, decidiu então retornar à terra natal. Em 2015 abriu o premiado Íz, seu primeiro restaurante que muitos consideram um marco na história da gastronomia da cidade. Dois anos depois, Ian não parou de empreender. Surgiram o 1929 Trattoria Moderna, de inspiração italiana, recém eleito número 1 do Centro-Oeste pela Prazeres da Mesa. Em 2018 nasceu o Grá Bistrô e Rooftop, no topo do prédio mais alto do estado e um dos mais altos do país. Em meio à pandemia, duas novas marcas surgiram também. Sem deixar a alta gastronomia de lado, o cozinheiro buscou explorar ares “corriqueiros”, porém recheados de padrão, técnica, artesanalidade e personalidade para seus dois novos negócios: o Alata Sorvetes e o Burger for a day.

Inaiá Santana – Pós-graduada em Comunicação Social, Inaiá resolveu se dedicar integralmente à gastronomia no ano de 2014. Focou em aprender a arte da pâtisserie e fez diversos cursos de especialização em preparos livres de glúten e lácteos, e recentemente, terminou uma especialização, se formando em Natural Chef. Em 2016, inaugurou a Quitutices, o primeiro empreendimento da cidade com espaço físico focado em atender celíacos e alérgicos à proteína do leite. A casa, que nasceu com o conceito de gastronomia inclusiva, cresceu e passou a atrair não apenas clientes com essas condições, mas também pessoas interessadas no sabor e na proposta saudável dos produtos, que ainda são livres de açúcar refinado e conservantes.

Léo Hamu – Pratos carregados de memória, aliados à carne suína artesanal integram o conceito do chef nascido em Formosa – GO. O interesse do chef Leo Hamu pela carne suína vem desde a infância, na Fazenda Rajadinha, de propriedade da família, onde aprendeu com o pai os princípios para obtenção da “comida de verdade”, na confecção de embutidos tradicionais e diferenciados. Dentre essas lições, está a importância de uma alimentação saudável aliada ao bem-estar animal, para a obtenção carnes de qualidade. Nas mãos do chef, os cortes suínos são transformados em saborosos exemplares da charcutaria artesanal e no resgate das receitas e modos de preparos tradicionais. Os movimentos migratórios dos tropeiros, dos nativos e dos imigrantes que povoaram o Cerrado Brasileiro e o desenvolvimento de novos hábitos alimentares reforçam a tese de que “cada grupo escolhe seus alimentos a partir do ambiente em que vive e a partir das muitas heranças que recebe”.

Léo Paixão
Léo Paixão

Léo Paixão – Jurado do programa Mestre do Sabor da Rede Globo, Leo é a cara da Nova Cozinha Mineira. Chef Hors Concours, mescla a alta gastronomia francesa, aprendida em sua formação em Paris, à tradicional cozinha mineira. Influenciador digital, trabalha no resgate de uma cozinha caseira de afeto. Leo explica, descomplica e faz a cozinha dar certo. Suas receitas diárias são acessíveis e reproduzidas, com centenas de marcações diárias, no Instagram. Sua página pessoal virou um centro de referência e consulta.  

É o mineiro com os prêmios mais importantes na gastronomia: Chef do Ano Prazeres da Mesa, 50 Best Discovery America Latina, Chef Revelação Guia 4 Rodas, Chef do Ano da Revista Veja há 7 anos consecutivos, Chef Hors Concours Revista Encontro, além de dezenas de premiações regionais. 

Leônidas Neto – Formado em administração pela PUC Goiás, autodidata em gastronomia com experiências profissionais nos restaurantes Agosto, sous-chef pâtisserie no restaurante Aquavit, com estágios nos restaurantes Noma, Copenhagen-Denmark, Kiin Kiin, D.O.M e Maní São Paulo. Chefiou o restaurante Grand Cru e Ouriço em Brasília, e atualmente está novamente ao lado do chef Simon Lau no restaurante Aquavit. 

Luiza Jabour – Chef Executiva do Restaurante Almeria e Casa Almeria. Trabalhou na Confeitaria Sweet Cake, no restaurante Maní em São Paulo, além da Fauchon e do Hotel Prince de Galles em Paris. Graduada em Gastronomia pelo IESB com especialização em Pâtisserie Francesa na Escola Ferrandi Paris.

Pablo Alejandro André – Iniciou sua formação gastronômica na Argentina, para seguir carreira no exterior. Participou de seminários e cursos no Culinary Institute of América (CIA) de Nova Iorque, na escola Ecole LeNotre de Paris e no Espai Sucré e no Celler de Can Roca em Barcelona. Na Argentina, trabalhou em diversas áreas dentro de restaurantes, serviços de banquetes e hotéis. Comecou a trabalhar como professor de gastronomia no IAG (Instituto Argentino de Gastronomia) no ano 2000. Em 2006, cheguo ao Brasil para implementar e coordenar o Curso Superior de Gastronomia do IESB. Foi coordenador deste curso durante 2 anos. Logo, no ano de 2010, implementou e foi o coordenador do curso Técnico de Gastronomia do Campus IESB Oeste de Ceilândia. Atualmente contina trabalhando como professor de gastronomia no Campus Sul do IESB.

Paula Labaki – Chef idealizadora do Catering Lena Labaki, faz cozinha autoral com muita propriedade, utilizando-se de diversas técnicas adquiridas e outras que ela mesma desenvolveu. Paula começou sua carreira trabalhando em diversos restaurantes de SP, cursou gastronomia e foi sócia na Casa Sale & Pepe. Há 17 anos realiza os serviços de festas e eventos para públicos distintos e nos mais variados formatos. 

Ricardo Arriel – O chef Ricardo Arriel é apaixonado por gastronomia e empreendedorismo. Sua especialidade é em panificação, confeitaria e chocolataria. Está no mercado há mais de 20 anos, tendo atuado como consultor na área, representando grandes marcas nacionais e internacionais. Atualmente é sócio e chef do Alegro Pani e Caffé, situado em Brasília, e da Empresa de mentorias online Arriel Bakery.

Saulo Jennings
Saulo Jennings

Saulo Jennings – Nascido e criado em Santarém, próximo ao rio Tapajós, ao sair do mundo corporativo das multinacionais resolveu empreender servindo pequenos almoços em sua casa. Ali surgia o restaurante “A Casa do Saulo”, em meados de 2009. Ao longo dos últimos 12 anos acumulou prêmios e notoriedade, tendo por exemplo seu restaurante escolhido duas vezes como melhor da região norte pela Prazeres da Mesa. Sempre é destaque nos festivais gastronômicos que participa, sem deixar de ser o “Caboco do Tapajós”. 

Sebastián Parasole – Se formou no Instituto Argentino de Gastronomia (IAG), foi chef da Cátedra de Cozinha Fria no Instituto Argentino de Gastronomia. Chegou ao Brasil como Assessor da Coordenação do Curso de Gastronomia, com uma trajetória de 20 anos como educador gastronômico. Foi sócio proprietário do Melhor Gourmet, grupo dedicado ao Turismo Gourmet com mérito Cultural e Educacional. Foi co-curador do Mercado Mundi em 2018, evento gastronômico de palestras, restaurantes, mercado do mundo e preocupação da alimentação do futuro. Criação e produção do curso on-line Gastronomia para Comunidade Escolar, “Técnicas e estratégias para uma alimentação mais saudável e sustentável” para a plataforma IESB-Net. 

Tatiana Meira – Graduada em Engenharia de Alimentos e Gastronomia, possui experiência com a gastronomia molecular, cozinha francesa, pâtisserie e alimentação restritiva. É proprietária da empresa “Alimentação Diferenciada”, especializada em alimentação sem glúten, soja e leite, para a qual desenvolveu um cardápio baseado na panificação, produzindo alimentos para pessoas celíacas, autistas, TdaH, APLV e demais restrições alimentares.

Ville Della Penna – Chefiou a cozinha do Palácio da Alvorada, rede hoteleira e rede de bares de Jorge Ferreira. Abriu a primeira Salumeria de Brasília, o Piccolo Emporium, o que lhe rendeu vários prêmios. Atualmente, é chef executivo da Fábrica De Bares e proprietário da Fornaio.

Vitória Nascimento – Formada em Gastronomia pelo IESB, é sócia da Enne Chocolate, uma fábrica de chocolates artesanais. É ainda escritora do livro “Os três pilares do bean to bar”, criadora do Cacau Cast, o primeiro podcast sobre chocolate do Brasil, ouvido em mais de 35 países e Coordenadora da Slow Food Brasil Cacau&Chocolate.

Serviço: 

34º Congresso Nacional Abrasel | Mesa ao Vivo Brasília 

10 a 11 de agosto 

Realização: Abrasel e Prazeres da Mesa 

Patrocínio ouro: Alelo, Ambev, Banco do Brasil, BAT, Coca-Cola, Diageo, Heineken, JBS, Philip Morris, Sebrae, Sodexo, Stone, Ticket. 

Patrocínio bronze: 3M 

Mais informações: https://abrasel.co/i-inscreva-se 

Leia também: II Edição do Wine Sounds tem início dia 21.07

  

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos da Serra Gaúcha no Rio de Janeiro

Vinícolas da região da Serra Gaúcha marcam presença em dois eventos no Rio de Janeiro…

A experiência e as lembranças são as bases do enoturismo

O enoturismo nacional está ganhando destaque e importância crescente, tanto para a indústria do vinho…

Temporais alagam vinhedos na Serra Gaúcha

Recentes temporais causaram graves alagamentos nos vinhedos da Serra Gaúcha, uma das regiões vitivinícolas mais…

Vermute dry do Brasil é campeão mundial

Um vermute dry brasileiro foi eleito o melhor do mundo em um concurso internacional, colocando…