2º Festival Sabores da Montanha

Com a chegada do outono, os brasileiros já se preparam para o inverno, uma das estações mais queridas. Este ano, as temperaturas mal caíram no outono devido às ondas de calor que atingiram o país, tornando a expectativa para o frio ainda maior. No inverno, o desejo de comer aumenta e quem visitar a Serra da Mantiqueira na próxima estação poderá combinar o frio com a boa gastronomia durante o 2º Festival Gastronômico Sabores da Montanha. O evento acontecerá de 5 de julho a 25 de agosto e contará com a participação de cidades situadas nas montanhas.

 

Restaurantes de Visconde de Mauá (RJ), Itamonte (MG), Queluz, Cunha, Campos do Jordão e São Francisco Xavier (SP) já confirmaram presença, trazendo a diversidade gastronômica das regiões serranas. O festival, realizado em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, visa valorizar a culinária regional, especialmente utilizando insumos de produtores artesanais.

“O Festival Sabores da Montanha, agora em sua segunda edição, tornou-se uma grande vitrine para pequenos restaurantes em destinos turísticos menos conhecidos, especialmente no sul de Minas Gerais”, explica Reginaldo Pupo, um dos organizadores do festival e gestor da Sabores da Montanha. Ele destaca a importância do evento para divulgar a gastronomia regional.

O Villa K2, em São Francisco Xavier (SP), preparou o prato “Raízes” para o festival, reunindo mandioca, banana da terra, castanhas, truta defumada, purê de banana da terra, farofa de bijú com tomate assado, e cheiro verde. Em Cunha (SP), a Cervejaria Caminho do Ouro apresentará a “Truta com Azeite de Limão Siciliano”, acompanhada por salada, batata rústica frita e arroz branco.

As inscrições para o 2º Festival Gastronômico Sabores da Montanha estão abertas até 28 de junho, e o público pode conferir as novidades e pratos pelo Instagram. Além de restaurantes, gastrobares, pizzarias, lanchonetes, hamburguerias, cafeterias, bistrôs, sorveterias, padarias, vinícolas, docerias, cervejarias e produtores artesanais da região também podem participar.

O evento, patrocinado por Sun Mobi Energia Solar, GWM Motors e Turismo Sul de Minas, e apoiado por BaresSP, Hotel4You, Reserva e Hora Campinas, busca divulgar e valorizar a gastronomia regional sem premiações. O modelo indoor do festival permite aos estabelecimentos manterem a qualidade dos produtos e segurança alimentar, além de fidelizar clientes e aumentar o ticket médio, proporcionando uma experiência confortável com estrutura básica como banheiros e estacionamentos.

Leia também – Comer nhoque no dia 29 traz prosperidade financeira

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos premiados no Wine Piri Jazz

Conheça os vinhos premiados por Marcelo Copello no Wine Piri Jazz. Foram avaliados 62 vinhos…

Evento de Harmonização de Vinhos Italianos Tenuta Ulisse

Na última quinta-feira (20), o perfil @vinhosporetienne teve o privilégio de participar de um evento…

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…