As melhores e as piores bebidas para quem quer emagrecer

wine-whiskey-beer-cheers

Pensando naquelas pessoas que pretendem perder uns quilos extra ou que procuram manter o corpo esbelto sem que, para tanto, tenham que abrir mão de uma ou outra bebida alcoólica, o Huffington Post (portal de notícias americano) revelou quais as melhores e as piores bebida para perder peso. Adorei ler o que eles divulgaram. Veja porquê:

As melhores bebidas para quem quer emagrecer

Vinho – embora cada taça possa corresponder uma média de 120 calorias, o vinho é sempre uma boa opção. O branco, explica a pesquisadora Caroline Cederquist, autora do The MD Factor and creator of bistroMDFator e um estudo do The Journal Nutritional Biochemistry contém menos calorias, mas o tinto é rico em antioxidantes, o que ajuda a retardar o crescimento das células de gordura.

download (8)

Vermute – este vinho com adição de flores ou ervas aromáticas é menos calórico que o vinho tinto ou branco (contém em média apenas 64 calorias por taça) e os seus compostos polifenóis são ótimos aliados à perda de peso de forma saudável.

Whisky ou vodka – para opções alcoolicamente mais ‘pesadas’, a especialista sugere o whisky e a vodka (que fornecem cerca de 105 e 97 calorias, respetivamente), contudo, há que ter atenção à bebida que se adiciona. Um whisky-cola, por exemplo, é uma péssima opção.

download

Cerveja leve – uma cerveja sem álcool fornece, por lata de 33 cl, cerca de 23 calorias e apenas 4,9 gramas de carboidratos. Uma cerveja normal já contabiliza 162 calorias por lata e 13 gramas de carboidratos.

As piores bebidas para quem quer emagrecer

Cocktails com açúcar– uma Marguerita ou um Long Island podem ser altamente calóricos, o equivalente a uma “dose de batatas fritas do McDonald’s”, diz Caroline Cederquist. Aqui, pode ainda incluir-se a sangria, que contém vinho, açúcar, sumo, fruta e mais uma ou outra bebida com álcool.

download (1)

Cervejas artesanais – além de, por norma, ter mais álcool do que as cervejas tradicionais e vendidas nas grandes superfícies, a versão artesanal oferece 10,2% de álcool por volume e nada mais, nada menos do que cerca de 320 calorias por garrafa. Contudo, se for uma cerveja com 18% de álcool, o valor calórico pode ascender às 450 calorias.

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Atrações WOW para férias em julho

Se você está planejando suas férias em Portugal neste mês de julho, uma visita ao…

Enólogo da Argento Apresenta Vinhos no Brasil

Nesta semana, o renomado enólogo argentino Juan Pablo Murgia, responsável pelos vinhos da Bodega Argento,…

Linha Carmen Reserva Frida Kahlo

Magdalena Carmen Frida Kahlo Calderón, nascida em 6 de julho de 1907, em Coyoacán, México,…

ORO, as adegas que conquistaram os brasilienses

Ter uma boa adega em um restaurante é indispensável. Não dá para caprichar na cozinha…