Brasil é reconhecido em premiação espanhola de vinhos

Wine é aberta a vinhos de todos os países produtores em todo o mundo

Após ganhar prêmios no Reino Unido e França, chegou a vez dos vinhos e espumantes brasileiros comemorarem a conquista de mais 12 prêmios no Bacchus 2021, realizado em Madri, na Espanha. Única competição de vinhos na Espanha reconhecida pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), a Competição Bacchus Wine é aberta a vinhos de todos os países produtores em todo o mundo. O júri foi composto por 83 especialistas que, de 24 a 28 de maio, experimentaram e avaliaram as amostras. São vinhos e espumantes de diversas regiões produtoras que, numa disputa de 1.691 amostras de 15 países, se destacaram pela sua qualidade, mostrando que o Brasil produz rótulos diferenciados e reconhecidos internacionalmente.

Vários desses brancos, rosés, tintos e espumantes, agora chancelados por peritos internacionais, são ainda pouco conhecidos em seu país de origem. Um exemplo é o Zanotto Sauvignon Blanc 2020, produzido pela Vinícola Campestre em Vacaria (RS). Além do ouro para o Sauvignon Blanc 2020, ela obteve prata para o Zanotto Gewurztraminer, também de 2020, e para o Merlot 2017. Ao todo, a Vinícola Campestre obteve 19 prêmios na Europa nos últimos meses com a marca Zanotto.

Brasil se destaca na diversidade de rótulos, que são reconhecidos mundialmente

PREMIAÇÕES NO BACCHUS 2021



Grande Medalha de Ouro

Casa Valduga 130 Espumante Blanc de Blanc – Casa Valduga Vinhos Finos


Medalha de Ouro

Aurora Espumante Brut Rosé – Cooperativa Vinícola Aurora

Bueno Anima Gran Reserva 2018 – Vinícola Galvão Bueno

Casa Valduga 130 Espumante Rosé – Casa Valduga Vinhos Finos

Zanotto Sauvignon Blanc 2020 – Vinícola Campestre


Medalha de Prata

Aurora Pinto Bandeira Chardonnay 2019 – Cooperativa Vinícola Aurora

Garibaldi Espumante Chardonnay Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Panizzon Espumante Brut Rosé – Sociedade de Bebidas Panizzon

Panizzon Espumante Moscatel – Sociedade de Bebidas Panizzon

Ponto Nero Cult Espumante Brut – Ponto Nero Ind. de Bebidas

Zanotto Gewurztraminer 2020 – Vinícola Campestre

Zanotto Merlot 2017 – Vinícola Campestre

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…

Júri Internacional Avalia 12º Brazil Wine Challenge

O 12º Brazil Wine Challenge, que ocorrerá de 16 a 19 de julho em Bento…

Dia do Vinho Ticiana Werner

Depois de conquistar o público brasiliense com bons vinhos, alta gastronomia e sofisticação, o Dia…