Courmayeur: Certificação internacional

A Vinícola Courmayeur, localizada no Vale dos Vinhedos, acaba de conquistar a certificação internacional FSSC 22000 (Food Safety System Certification). O caminho para obter este certificado foi longo e exigiu a implementação de novos protocolos, gerando mudanças significativas de comportamento e processos, representando o maior desafio enfrentado pela empresa até agora. Esta certificação, considerada uma das principais normas globais em Segurança de Alimentos, é reconhecida por grandes redes varejistas e organizações reguladoras, e abre novas oportunidades para a vinícola. A excelência sempre foi um pilar fundamental da Courmayeur, e este compromisso com a qualidade é agora ainda mais evidente.

“Mudou tudo”, conta Talita Nicolini Verzeletti, enóloga, sommelier, nutricionista e uma das diretoras da vinícola. Ela explica que foram 10 meses de trabalho intenso e aprendizado em novas rotinas que impactaram desde os fornecedores de uva até os funcionários. “Já estávamos desenvolvendo um processo completo e detalhado de qualidade, mas havia resistência à certificação devido à sua complexidade. No ano passado, abraçamos o desafio e, em menos de um ano, obtivemos a certificação”, relata. “Nosso maior desafio foi manter todos motivados, mostrando que tudo valeria a pena. Agora, temos grandes expectativas em relação a novas parcerias e expansão de mercado”, acrescenta.

Com a certificação FSSC 22000, a Courmayeur se destaca no mercado, especialmente porque esta certificação é mais comum em empresas de grande porte e raramente encontrada em vinícolas. A equipe teve que alterar todos os procedimentos, monitorando cada detalhe. Isso incluiu a conferência de mercadorias no recebimento e expedição, exigências documentais, procedimentos de limpeza e higiene, controle de uniformes, registros de frequência, banco de dados do RH, calendário de treinamento, definição de metas e índices, entre outros. Estas mudanças resultaram na contratação de três novos funcionários.

A FSSC 22000 é uma certificação que visa garantir a segurança dos alimentos ao longo de toda a cadeia produtiva. Baseada nas normas ISO 22000 e ISO/TS 22002, ela inclui requisitos específicos, além de programas de pré-requisitos, análise de perigos e pontos críticos de controle (APPCC), rastreabilidade, comunicação, entre outros. A certificação é válida por três anos, com auditorias anuais para garantir a conformidade contínua.

Leia também – Antonella: Um novo espumante para um novo tempo

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos premiados no Wine Piri Jazz

Conheça os vinhos premiados por Marcelo Copello no Wine Piri Jazz. Foram avaliados 62 vinhos…

Evento de Harmonização de Vinhos Italianos Tenuta Ulisse

Na última quinta-feira (20), o perfil @vinhosporetienne teve o privilégio de participar de um evento…

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…