De olhos nas calorias do vinho! Bebida não é inimiga das dietas

Você sabe o quanto o vinho pode interferir na sua dieta?
Você sabe o quanto o vinho pode interferir na sua dieta?

Verão chegando e o calor no coração vem acompanhado das clássicas preocupações com a estética. Ainda mais em um país tropical como o Brasil. E uma pergunta comum aos enófilos é o quanto a bebida pode interferir na dieta ou propiciar aumento de peso.  Qual a calorias dos vinhos?

A principal (e ótima!) notícia é que as calorias no vinho são, em média, das mais baixas entre as bebidas alcoólicas. São inferiores, por exemplo, às presentes na cerveja e na vodca. Especialmente se você souber os fatores que influenciam nessa conta. 

Benefícios do Vinho

É possível, sim, manter a vida regada a vinho sem prejudicar os cuidados com o corpo. Basta dosar!  Se consumido com moderação, o vinho, com suas propriedades antioxidantes, é um ótimo aliado do bem-estar, da saúde e do controle do peso. 

Aposto que todo mundo já ouviu falar que uma taça por dia pode ajudar a prevenir problemas cardiovasculares, além de trazer benefícios à digestão. Há estudos que associam a bebida até mesmo à prevenção de certos tipos de câncer e inflamação. 

Chardonnay é um exemplo de vinho com menos calorias (Foto: Divulgação)
Chardonnay é um exemplo de vinho com menos calorias (Foto: Divulgação)

Calorias do vinho variam muito

É importante ter ciência de que há bastante variação de calorias entre os tipos de vinho. Existem dois componentes essenciais a determinar essa quantia: teor alcoólico e açúcar (o residual da uva). São eles os principais parâmetros – somados ao quanto se pretende beber, obviamente. Exageros, é claro, não são recomendados para quem está focado em perder peso. 

Geralmente, uma taça convencional (125 ml) tem entre 100 e 300 calorias. Quanto maior o teor alcoólico (este é o fator número um) e mais açucarado, maior será a caloria consumida. Um grama de álcool equivale a 7 calorias, enquanto no caso do açúcar a proporção cai para 4. Conclui-se daí que vinhos doces e com alto teor alcoólico são os mais calóricos – verifique no rótulo o teor – e os vinhos secos com baixo teor alcoólico são os menos calóricos.

Dicas de vinhos menos calóricos

As cepas das uvas são fatores importantes no cálculo das calorias. Vinhos brancos como Chardonnay, Riesling, Zinfadel e Sauvignon Blanc são ótimas pedidas para quem busca moderar. Entre os tintos, Merlot, Pinot Noir e Rose são opções interessantes também. 

Que tal passar a observar o teor alcoólico e o açúcar presente em cada vinho? Essa é a nossa dica!

Mas se você quer perder peso, sem tirar o seu vinho da dieta, o que mais recomendamos é procurar um profissional, seja um nutricionista ou mesmo um bom nutrólogo.

 

 

 

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Restaurante Aroma ganha novos pratos e ambientes

O Restaurante Aroma celebra seu quinto aniversário no final deste ano, mas já começou a…

João Roquette da Qualimpor é personalidade do Ano no Brasil

O dirigente da Qualimpor, João Roquette, português de origem, foi recentemente laureado com o título…

Participe do Festival de sakês no Noru Sushi

Se você é um entusiasta da culinária japonesa ou está à procura de aventuras culinárias…

Sugestões WM Vinhos para a sua adega. Confira!

E quem não adora ter uma garrafa de vinho à mão em casa, certo? Melhor…