Uvas e Vinho na Fazenda Califórnia, a 30km de Brasília

Uvas e Vinho no Cerrado
Uvas e Vinho no Cerrado

Algumas experiências têm mostrado que o cerrado tem um futuro promissor quando o assunto é vinho. Exemplares produzidos pela Vinícola Pireneus, em Cocalzinho-GO, localizada há uma hora e meia de Brasília, são exemplo disso. Os mais famosos são o Bandeira e o Intrépido, que já foram reconhecidos por diversos concursos da área. Agora, a Villa Triacca Eco Pousada e Vinhos, localizada no Projeto de Assentamento Dirigido do Distrito Federal (PAD-DF) anunciou ter produzido o primeiro vinho a partir das uvas Syrah de solo candango. Com a ajuda técnica da Epamig, o vinho foi feito em Minas Gerais. Outra novidade anunciada recentemente foi o consórcio de dez viticultores do Distrito Federal que se uniram para fazer rótulos independentes dentro de uma única vinícola no PAD-DF: a vinícola Brasília, prevista para ser inaugurada em 2021 e produzir 200 mil litros de vinho fino por ano.

Participando da vindim da Fazenda Califórnia, em Sobradinho-DF
Participando da vindim da Fazenda Califórnia, em Sobradinho-DF: momento histórico

Com todos esses investimentos, só podemos pensar que o Distrito Federal e cercanias tem sim um potencial no mundo da Enologia e do Enoturismo. Eu mesma tive o privilégio de participar nos últimos dias de um momento histórico do vinho do Distrito Federal: a colheita de uvas da Fazenda Califórnia, que fica em Sobradinho-DF. Há 30km do centro de Brasília, o local foi pensado para quem curte a natureza e também é amante de uvas.

<figure class= Raquel Bardawil e Etiene Carvalho
Raquel Bardawil, co-proprietária Fazenda Califórnia, e Etiene Carvalho – Blog Vinho Tinto

Para Raquel Bardawil, co-proprietária do local, o projeto de vinificar o próprio vinho finalmente saiu do papel. Com auxílio de técnicos agrícolas e após observação meticulosa dos proprietários, chegou, enfim, o momento da colheita. “As uvas se adaptaram muito bem ao solo, que nem sequer precisou de correção, além disso, a amplitude térmica do local (dias quentes e noites frias) ajudou muito a uva a amadurecer bem – com qualidade, boa acidez e doçura”, ressalta a empresária.

Poda Invertida ou Dupla Poda

Enquanto a maioria dos vitivinicultores brasileiros faz a colheita da uva no início do ano, outros (como os proprietários da Califórnia) apostam no sistema invertido que propicia os frutos amadurecerem no inverno. A técnica, conhecida como poda invertida ou dupla poda é bem indicada para as uvas aqui da região.

Para que a colheita ocorra em período invertido no calendário é necessário uma poda “extra”. A essência está na extensão do ciclo reprodutivo da videira ao proceder-se a duas podas em vez de somente uma, como tradicionalmente ocorre. 

Dupla Poda ou Poda Invertida: técnica é indicada para as uvas do cerrado

A primeira, chamada poda de formação, é feita entre agosto e setembro, para o desenvolvimento e descarte dos ramos produtivos. Já uma segunda, esta sim de produção, acontece em janeiro com a finalidade de frutificação. Então, nos meses seguintes acontecem os passos naturais de florescimento e formação dos cachos para, enfim, proceder-se à colheita de inverno. 

Saiba mais: Conheça a técnica da dupla poda que tem feito sucesso no Brasil

Enoturismo

Enoturismo na Fazenda Califórnia

Além do projeto de vinicultura e de elaboração de vinhos, a Fazenda Califórnia, que existe desde 1995, também quer investir ainda mais no Enoturismo. Atualmente a fazenda oferece almoços com direito a visita aos parrerais, passeios a cavalo, quadriciclo e muita natureza. As visitas são agendadas pelo telefone 61 98133 8877 e ocorrem entre das 8h30 às 17h, aos finais de semana. Os proprietários informaram que muito em breve, os chalés do local serão abertos para receberem hóspedes que desejarem pernoitar no lugar.

Este ano, algumas pessoas, como eu, tiveram a grata felicidade de participar da vindima das uvas no local. Em breve, com certeza, voltaremos à fazenda para apreciar em primeira mão o vinho produzido no local.

Entrevista

https://www.instagram.com/tv/CEF6fTnpxy1/?utm_source=ig_web_copy_link

Fotos: Cláudio Cabrito

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos premiados no Wine Piri Jazz

Conheça os vinhos premiados por Marcelo Copello no Wine Piri Jazz. Foram avaliados 62 vinhos…

Evento de Harmonização de Vinhos Italianos Tenuta Ulisse

Na última quinta-feira (20), o perfil @vinhosporetienne teve o privilégio de participar de um evento…

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…