Vinho toma o lugar da cerveja durante a pandemia

Vinho x Cerveja

A cerveja esteve presente em praticamente todas as comemorações do cotidiano dos brasileiros, porém durante a pandemia, surgiu um novo candidato a esse posto no pódio do coração do povo, o vinho. Dados coletados pela consultoria Euromonitor mostram que, desde o início da crise sanitária devido a COVID-19, 7,8 milhões de pessoas no Brasil provaram a bebida pela primeira vez. 

O avanço no consumo de vinho foi impulsionado, principalmente, pelo longo período de isolamento social, em que os momentos de lazer deixaram de ser nos bares e nas festas, com os amigos, e passaram a acontecer em casa, na companhia da família ou até mesmo sozinho.

Muitas pessoas estão optando por tomar vinho ao invés da cerveja

“Quando todo mundo foi para dentro de casa, o vinho virou uma opção de entretenimento”, É o que explica Marcelo D’Arienzo, CEO da Wine, maior clube de vinhos online do mundo, em entrevista à revista GQ, explicando que esse entretenimento incluiu os cursos online e as lives que a própria Wine promoveu gratuitamente aos assinantes, com foco nos amantes da bebida e nos “beberrões” de primeira viagem.

A emergente popularidade do vinho entre os brasileiros também se reflete nos números divulgados pela Ideal Consulting, empresa de auditoria de importação e inteligência de mercado: entre julho de 2020 e o junho deste ano, mais de 509 milhões de litros foram comercializados no Brasil, 19% a mais do que ano anterior.

Cerveja sempre esteve presente na maioria das comemorações

De acordo com a empresa, mesmo com o real desvalorizado, o mês de junho fechou o primeiro semestre do ano com uma alta significativa, registrando um aumento de 60,2% nas importações de vinhos e espumantes, em relação ao mesmo período de 2020.

Apesar desse boom exponencial do consumo de vinho no País, não é possível afirmar ainda que a bebida está “tomando” o lugar da cerveja como grande paixão nacional. Segundo um estudo do instituto de pesquisa Opinion Box, realizado este ano, 44% dos entrevistados disseram que bebem cerveja pelo menos uma vez por semana em casa, na residência de amigos ou eventos particulares.

Vinho substitui cerveja durante a pandemia

A cerveja ainda é uma bebida muito consumida no País, sendo realmente uma das grandes paixões nacionais. Mas sua posição pode estar ameaçada com a ascensão do vinho. O que é ótimo, pois o vinho trás muitos benefícios para saúde se tomado da maneira correta.

Leia: Rótulos da Vinícola Garibaldi ganham destaque

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos premiados no Wine Piri Jazz

Conheça os vinhos premiados por Marcelo Copello no Wine Piri Jazz. Foram avaliados 62 vinhos…

Evento de Harmonização de Vinhos Italianos Tenuta Ulisse

Na última quinta-feira (20), o perfil @vinhosporetienne teve o privilégio de participar de um evento…

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…