Limoncello: carta de vinhos variada e excelente gastronomia

Limoncello - restaurante italiano em Brasília
Limoncello – Mais de 90 rótulos de vinhos de 11 países

Adoro comida italiana! Acompanhada de um bom vinho italiano então, nem se fala… Pensando nisso, fui visitar o recém-inaugurado restaurante Limoncello, na 402 Sul, em Brasília. Resultado: saí encantada com o local. Só elogios –  amplo espaço com três ambientes decorados com incrível bom gosto, atendimento impecável, cardápio variado, comida deliciosa e, claro, carta de vinhos muito bem elaborada. Com relação ao preço, eu diria que não é um restaurante barato, mas o classificaria como justo por tudo o que oferece.

Limoncello: detalhes fazem a diferença
Limoncello: detalhes fazem a diferença
A carta de vinhos, elaborada pelo sommelier português Pedro Palácio, possui vinhos de 11 países do Novo e do Velho Mundo (África do Sul, Argentina, Chile, Brasil, Estados Unidos, Tunísia, Espanha, França, Portugal e, claro, Itália). São 90 rótulos com valores entre R$71 e R$3.000. Eu optei por um italiano de boa relação custo x benefício:

Blog Vinho Tinto no restaurante Limoncello
Monte Reale Sangiovese: surpresa agradável e bom custoxbenefício

o Monte Reale Sangiovese 2011 (R$95). Um bom vinho de aromas de frutas vermelhas maduras, corpo médio, taninos macios – diferente dos Sangiovese produzidos na Toscana pela acidez relativamente mais baixa, mas, sem dúvida, surpreendente. Um vinho elaborado pela Garofoli, em Marche (uma região, localizada na costa do Mar Adriático, ainda pouco explorada pelo Turismo, e mais reconhecida na Itália pela produção de vinhos brancos à base da uva Verdicchio).

A bebida caiu muito bem com o antepasto servido que, aliás, é uma delícia: pães caseiros, torradinhas, mozzarella de búfala, tomates cereja temperados, parmesão espanhol com azeite italiano e manteigas com ervas (R$21) e, também, harmonizou perfeitamente com o prato escolhido: o italianíssimo Fettucine Alfredo acompanhado de um delicioso escalope (R$59,00).
Limoncello no Limoncello
Ao final, uma taça de limoncello substituiu o vinho de sobremesa

Ao final da refeição, deixei de escolher o vinho de sobremesa e optei por  uma tacinha de limoncello (R$13,90) – o tradicional licor do sul da Itália produzido à base de limão, álcool, açúcar e água, um digestivo especial e saboroso, cujo restaurante leva o mesmo nome.

Bons vinhos e bons pratos  – Ao conversar com a proprietária do estabelecimento Fabiany Damasceno, descobri o porquê do sucesso do local. A empresária, além de ser extremamente simpática e atenciosa é daquelas que faz questão de conversar pessoalmente com os clientes para ouvir suas críticas e sugestões a fim de adaptá-las ao empreendimento. Amante de bons vinhos e de bons pratos, ela supervisiona tudo com muito capricho, fazendo do  Limoncello um daqueles restaurantes super especiais que todo mundo quer conhecer.
Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Brazil Wine Challenge 2024: Recorde de Medalhas e Gran Ouro

O 12º Brazil Wine Challenge, realizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) de 16 a…

Quatro vinhos e um espumante para beber no inverno

À medida que os dias frios se aproximam, a Cooperativa Vinícola Garibaldi apresenta uma seleção…

Grupo Wine Lança Vinícola “Entre Dois Mundos”

O Grupo Wine, líder no mercado brasileiro de vinhos e importações, lançou a “Entre Dois…

Semana de Rolha Free e Delícias

O brasiliense tem se tornado, cada vez mais, um apreciador de vinhos. Em resposta a…