Quatro Especiais – Vinhos em Destaque

Confira os detalhes dos quatro vinhos sensacionais que tive a oportunidade de degustar com amigos no dia 13 de janeiro de 2024. Um da África do Sul, dois da Itália e um da Espanha – a noite foi perfeita! O interessante é que todos os quatro vinhos degustados estavam realmente sensacionais.

1. The Post Stones Shiraz 2008 Special Edition – um vinho produzido na África do Sul com a uva Shiraz. O vinho já estava com 15 anos, mas estava surpreendemente agradável. A cor era rubi mas mostrava traços atijolados. No nariz mostrou um misto de ameixas, amoras, chocolate e um pouco de amêndoas. Na boca tinha taninos macios, corpo médio, acidez média menos e um final envolvente. O que mais gostei foi da elegância. Procurei na Internet pra ver o preço, mas não achei. Parece que não fabricam mais…não sei! E pelas informações que obtive não parece ter sido caro, de toda forma, pela idade surpreendeu e agradou muito.


2. Barolo Patrizi 2018 – Piemonte. Esse italiano feito de Nebbiolo tem a cor linda – Granada com bordas atijoladas – No nariz mostra muitos aromas, entre eles, de rosas vermelhas, couro, cedro, folhas e frutas vermelhas. Na boca tem um tanino bem marcante (pela idade com certeza), uma acidez também pronunciada e um final de boca persistente. Encanta muito. Esse vinho custa em média 26 euros. Tem 14% de álcool. Já foi comercializado no Brasil, mas não é mais.


3.Sasso di Sole Brunello di Montalcino 2014 – vinho sensacional. A cor era de um rubi médio e vibrante. No nariz uma mistura de frutas vermelhas (morango, groselha) e negras com toques de tabaco. Também tinha algo de grafite muito delicado. Na boca estava muito equilibrado, elegante e fresco mesmo depois de quase uma década de vida. Esse Brunello é muito bom, recomendo. Feito 100% com Sangiovese, ele estagiou 40 meses em barricas de mil litros da Eslovênia e 12 meses em garrafa. Tem 14,5% de álcool e custa cerca de 30 euros. Se achar, compre! Vale à pena demais.


4. Barbadillo Eva Cream Sherry – esse é um jerez que mistura Oloroso e Palomino e Pedro Ximenez (PX). É um vinho doce, mas por conta do blend não é extremo como o PX. No nariz mostra muitas frutas secas, maçã assada, um pouco de chocolate e caramelo. Na boca é encorpado com final longo. Recomendo para acompanhar um.bom charuto. Vai ficar perfeito! O vinho tem 18% de álcool e é trazido para o Brasil pela World Wine. Preço médio: R$190,00.

 

Veja também – Conte di Capiano Apassimento

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Brazil Wine Challenge 2024: Recorde de Medalhas e Gran Ouro

O 12º Brazil Wine Challenge, realizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) de 16 a…

Quatro vinhos e um espumante para beber no inverno

À medida que os dias frios se aproximam, a Cooperativa Vinícola Garibaldi apresenta uma seleção…

Grupo Wine Lança Vinícola “Entre Dois Mundos”

O Grupo Wine, líder no mercado brasileiro de vinhos e importações, lançou a “Entre Dois…

Semana de Rolha Free e Delícias

O brasiliense tem se tornado, cada vez mais, um apreciador de vinhos. Em resposta a…