Brinda Brasil: Resultado do Prêmio de Melhor Espumante Brasileiro

É a primeira vez que Brasília elege os melhores espumantes brasileiros para um evento exclusivo da bebida. Isso aconteceu ontem, dia 7 de junho, pouco antes do primeiro Brinda Brasil de Espumante Brasileiro. O objetivo do concurso, que contou com um júri técnico, do qual tive a honra de participar, (Antonio Matoso, Etiene Carvalho, Joaldo Lima, Petrus Elesbão, Rachel Alves, Su Maestri e Tiago Pereira) e  um júri enófilo (Ayrton Gissoni, Carlos James, Gleysson Carvalho, José Carlos Vieira, Rodrigo Freire e Rosualdo Rodrigues) ,  foi revelar a qualidade da produção nacional e ampliar o leque de consumo do espumante brasileiro, avaliando por considerações técnicas e populares o melhor produto, diante das 49 mostras inscritas e tendo como base de julgamento as normas do Regulamento EU da União Europeia, nº 1308/2013, para a organização de concursos de vinhos e espumantes. O concurso  foi  aberto a todos os produtores interessados, desde que os produtos estivessem expostos em estandes no Brinda Brasil. Confira o resultado:

FullSizeRender (10)
Júri técnico e enófilo de Brasília elege pela primeira vez os melhores espumantes do Brasil no evento Brinda Brasil

Categorias do I Prêmio Brinda Brasil de Espumante Brasileiro

MOSCATEL

JURI TÉCNICO

Medalha de OURO: Faces Espumante Moscatel – Lídio Carraro (RS)

Medalha de PRATA: Garibaldi Moscatel Rosé – Vinícola Garibaldi (RS)

Medalha de BRONZE: Lunar Moscatel Perfetto – Família Zanlorenzi (PR)

JURI ENÓFILO

Medalha de OURO: Lunar Moscatel Perfetto – Família Zanlorenzi (PR)

Medalha de PRATA: Garibaldi Moscatel – Vinícola Garibaldi (RS)

Medalha de BRONZE: Garibaldi Moscatel Rosé – Vinícola Garibaldi (RS)

BRUT CHARMAT BRANCO

JURI TÉCNICO

Medalha de OURO: Ponto Nero Brut – Domno (RS)

Medalha de PRATA: Garibaldi Brut – Vinícola Garibaldi (RS)

Medalha de BRONZE: Ponto Nero Blanc de Blancs – Domno (RS)

JURI ENÓFILO

Medalha de OURO: Ponto Nero Blanc de Blancs – Domno (RS)

Medalha de PRATA: Villaggio Grando Brut – Villaggio Grando (SC)

Medalha de BRONZE: Dádivas Espumante Brut – Lídio Carraro (RS)

BRUT ROSÉ CHARMAT

JURI TÉCNICO

Medalha de OURO: Villaggio Grando Brut Rosé – Villaggio Grando (SC)

Medalha de PRATA: Adolfo Lona Brut Rosé – Vinhos Adolfo Lona (RS)

Medalha de BRONZE: Brut Rosé LA Jovem – Luiz Argenta (RS)

JURI ENÓFILO

Medalha de OURO: Garibaldi Brut Rosé – Vinícola Garibaldi (RS)

Medalha de PRATA: Don Guerino Brut Rosé Malbec – Don Guerino (RS)

Medalha de BRONZE: Boshi Brut Rosé – Maximo Boschi (RS)

BRUT CHAMPENOISE BRANCO

JURI TÉCNICO

Medalha de OURO: Batalha Brut Champenoise – Vinícola Batalha (RS)

Medalha de PRATA: Cave Pericó Brut Champenoise – Pericó (SC)

Medalha de BRONZE: Brut Champenoise 48 meses Luiz Argenta – Luiz Argenta (RS)

JURI ENÓFILO

Medalha de OURO: Cave Pericó Brut Champenoise – Pericó (SC)

Medalha de PRATA: Batalha Brut Champenoise – Vinícola Batalha (RS)

Medalha de BRONZE: 130 Brut Casa Valduga – Casa Valduga (RS)

BRUT CHAMPENOISE ROSÉ

JURI TÉCNICO

Medalha de OURO: Cave Colinas de Pedra Brut Rosé Champenoise – Cave Colinas de

Pedra (PR)

Medalha de PRATA: Gran Legado Rosé Champenoise – Gran Legado (RS)

Medalha de BRONZE: Brut Rosé Champenoise LA – Luiz Argenta (RS)

JURI ENÓFILO

Medalha de OURO: Cave Colinas de Pedra Brut Rosé Champenoise – Cave Colinas de

Pedra (PR)

Medalha de PRATA: Gran Legado Rosé Champenoise – Gran Legado (RS)

Medalha de BRONZE: Brut Rosé Champenoise LA – Luiz Argenta (RS)

NATURE

JURI TÉCNICO

Medalha de OURO: Gran Casa Valduga Nature – Casa Valduga (RS)

Medalha de PRATA: Cave Colinas de Pedra Nature (PR)

Medalha de BRONZE: Adolfo Lona Nature – Vinhos Adolfo Lona (RS)

JURI ENÓFILO

Medalha de OURO: Batalha Nature – Vinícola Batalha (RS)

Medalha de PRATA: Adolfo Lona Nature – Vinhos Adolfo Lona (RS)

Medalha de BRONZE: Cave Colinas de Pedra Nature (PR)

DEMI SÉC

JURI TÉCNICO

Medalha de OURO: Arte Tradicional Casa Valduga – Casa Valduga

Medalha de PRATA: Adolfo Lona Demi Séc – Vinhos Adolfo Lona

JURI ENÓFILO

Medalha de OURO: Arte Tradicional Casa Valduga – Casa Valduga

Medalha de PRATA: Adolfo Lona Demi Séc – Vinhos Adolfo Lona

Enólogo mais premiado : ADOLFO LONA (9 medalhas). Pelos espumantes:

Medalha de PRATA Juri Técnico: Adolfo Lona Demi Séc – Vinhos Adolfo Lona (RS)

Medalha de OURO Juri Técnico: Batalha Brut Champenoise – Vinícola Batalha (RS)

Medalha de PRATA Juri Técnico: Adolfo Lona Brut Rosé – Vinhos Adolfo Lona (RS)

Medalha de OURO Juri Técnico: Batalha Brut Champenoise – Vinícola Batalha (RS)

Medalha de PRATA Juri Enófilo: Batalha Brut Champenoise – Vinícola Batalha (RS)

Medalha de BRONZE Juri Técnico: Adolfo Lona Nature – Vinhos Adolfo Lona (RS)

Medalha de PRATA Juri Enófilo: Adolfo Lona Nature – Vinhos Adolfo Lona (RS)

Medalha de PRATA Juri Técnico: Adolfo Lona Demi Séc – Vinhos Adolfo Lona (RS)

Medalha de PRATA Juri Enófilo: Adolfo Lona Demi Séc – Vinhos Adolfo Lona (RS)

 

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Confira os cursos da Associação de Sommeliers do DF para Março

Já imaginou aprimorar os seus conhecimentos na área do vinho de forma teórica e prática?…

Restaurante Aroma ganha novos pratos e ambientes

O Restaurante Aroma celebra seu quinto aniversário no final deste ano, mas já começou a…

João Roquette da Qualimpor é personalidade do Ano no Brasil

O dirigente da Qualimpor, João Roquette, português de origem, foi recentemente laureado com o título…

Participe do Festival de sakês no Noru Sushi

Se você é um entusiasta da culinária japonesa ou está à procura de aventuras culinárias…