Conheça as Principais Uvas Brancas

Uvas Brancas - conheça um pouco sobre elas!
Uvas Brancas – conheça um pouco sobre elas!

No post anterior, falei pra vocês sobre as principais uvas tintas. Hoje vou apresentar as principais uvas brancas e falar um pouco de suas características. Espero que gostem! Apenas para relembrar para elaborar um vinho branco, normalmente, são utilizadas uvas brancas, isto é, sem coloração na casca. Mas, é possível também fazer um vinho branco a partir de uvas tintas. Ocorre que o suco da maior parte das uvas tintas não tem cor, pois apenas a casca possui a pigmentação. Logo, um vinho branco, pode ser feito a partir do suco das uvas tintas, embora essa prática não seja muito usual.

A uva branca Chardonnay é conhecida como "A Rainha das uvas brancas"
A Chardonnay é conhecida como “A Rainha das uvas brancas”

Chardonnay – Conhecida como a “Rainha das Uvas Brancas” por ter emigrado de Borgonha, sua terra de origem, para quase todos os lugares do mundo. Seu sabor vai da fruta verde, passa pela cítrica e chega à tropical, dependendo do clima onde é cultivada (fresco, moderado e quente, respectivamente). Possui acidez naturalmente alta e produz vinhos secos. Quando fermentada e envelhecida em barricas de carvalho pode apresentar notas de madeira e avelã.

Excelentes vinhos são produzidos com a Sauvignon Blanc no Vale do Loire e em Bordeaux, na França
Excelentes vinhos são produzidos com a Sauvignon Blanc no Vale do Loire e em Bordeaux, na França

Sauvignon Blanc – Uvas Brancas provenientes de climas frescos e moderados com aromas e sabores penetrantes de frutas verdes e herbáceos. Possui aromas refrescantes. Na França, são produzidos excelentes vinhos no Vale do Loire, como os Sancerre, e em Bordeaux, os Sauternes(vinhos doces). Algumas regiões de climas mais moderados da Nova Zelândia, da Califórnia, da África do Sul e do Chile também produzem vinhos de qualidade superior com a mesma casta.

Alemanha, Áustria, Austrália e Alsácia (na França) são clássicas regiões de produção da Riesling
Alemanha, Áustria, Austrália e Alsácia (na França) são clássicas regiões de produção da Riesling

Riesling – As regiões clássicas de produção dessa casta são Alemanha, Áustria, Austrália e França (Alsácia). A Riesling normalmente é marcada por acidez saborosa e um delicado aroma frutado floral. Dependendo do clima onde é cultivada pode apresentar aromas de frutas verdes e até de frutas de caroço (pêssego). Essa é uma casta apropriada para colheitas tardias uma vez que os açúcares se desenvolvem lentamente e a uva consegue reter sua acidez. Os níveis altos de acidez, inclusive, ajudam muitos Riesling a envelhecer na garrafa, onde desenvolvem sabores de mel e de torrada.

Tem dúvidas? Gostaria de pedir por um artigo que ainda não fizemos? Deixe seu comentário com a sua sugestão!

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Brazil Wine Challenge 2024: Recorde de Medalhas e Gran Ouro

O 12º Brazil Wine Challenge, realizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) de 16 a…

Quatro vinhos e um espumante para beber no inverno

À medida que os dias frios se aproximam, a Cooperativa Vinícola Garibaldi apresenta uma seleção…

Grupo Wine Lança Vinícola “Entre Dois Mundos”

O Grupo Wine, líder no mercado brasileiro de vinhos e importações, lançou a “Entre Dois…

Semana de Rolha Free e Delícias

O brasiliense tem se tornado, cada vez mais, um apreciador de vinhos. Em resposta a…