Fiano di Avellino e Greco de Trufo conheça os destaques do Sul da Itália

A Fiano di Avellino é um vinho branco que chama atenção! Já desgustei o Fiano di Avellino DOCG do Mastroberardino, que é de uma linha mais simples, e nesta semana  tive a oportunidade de experimentar o Fiano di Avellino da linha Radici, também do mesmo produtor. Que vinho excelente!

A Fiano, junto com a Greco, são as uvas que dão os nomes aos melhores vinhos brancos da região da Campania na Itália: 1 – Greco di Tufo DOCG, porque ela é produzida nos arredores vila de Tufo, daí o nome. É muito comum encontrar vinhos com acidez alta, com aromas cítricos, maçã verde, amêndoas, frutas de caroço e quando envelhecidos, podem apresentar aromas de mel e cogumelos. 2 – Fiano di Avellino DOCG, da comuna de Avellino, que produz vinhos de corpo médio a alto, acidez média e aromas de frutas de caroço, flores, frutas tropicais, especiarias, mel, mineralidade e quando envelhecidos podem apresentar aromas de mel e notas defumadas.Normalmente esses vinhos são fermentados em tanques aço inox, mas alguns produtores utilizam madeira usada e battonage para conceder mais complexidade aos vinhos.

Região da Campânia (Itália) berço das uvas Greco di Tufo e Fiano di Avellino

Produtor

Sobre o produtor, Mastroberardino, é um dos grandes da região! Ele foi responsável pelo renascimento da Fiano a partir da década de 70, quando sua vinícola foi a pioneira no cultivo de  castas tradicionais e que estavam esquecidas na  Campânia. Uma dica: procurem o Taurasi Radici dele!

Também é possível encontrar a Fiano em outras regiões. Por exemplo, a Planeta e a Settesoli, na Sicília estão produzindo vinhos varietais dessa uva.

Radici Fiano de Avellino

Sobre o vinho da foto! É da linha Radici da safra 2016, foi fermentado em tanques de aço inox e amadurece durante 3 a 4 meses em garrafa antes de ser liberado para comercialização. A cor é amarela dourado. Boa complexidade aromática! Foi possível perceber um leve abacaxi e outras frutas tropicais, pêssego, um pouco de mel e um leve um tostado. Corpo médio pra alto. Acidez e final médio. Comparando com o Fiano di Avellino DOCG, que eu degustei quando estive lá, percebe-se que esse é bem mais complexo e possui mais corpo! Excelente vinho! 🙂

Para quem ficou curioso, aqui vão alguns exemplos de bons produtores da Fiano na Itália e fora da Itália, de acordo com o livro Grapes & Wines do Oz Clarke (infelizmente não tive oportunidade de degustar todos para opinar 🙃🍷): Austrália: Coriole, Fox Gordon, Jacob’s Creek; Italia: Colli di Lapio, Di Majo Norante, Ferrara, Feudi di San Gregorio (já li que faz o Fiano di Avellino referência) Mastroberardino, Paternoster, Planeta, Giovanni Struzziero, Terredora e Vadiaperti.

Fiano di Avellino e Greco di Trufo

Fiano di Avellino e Greco di Trufo

Por fim, uma curiosidade, quando degustei a Fiano di Avellino DOCG pela primeira vez, tive a oportunidade também de experimentar a Greco di Tufo DOCG, ambas do Mastroberardino e da mesma linha. Comparando os dois vinhos, o Greco di Tufo me encantou pela intensidade aromática, com notas minerais, cítricas e frutas tropicais, além da alta acidez. Também é um excelente vinho! Esses dois vinhos podem ser encontrados na Mistral!

 

Colaborou: Bianca Dumas, do instagram @vinhobonzao
Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos premiados no Wine Piri Jazz

Conheça os vinhos premiados por Marcelo Copello no Wine Piri Jazz. Foram avaliados 62 vinhos…

Evento de Harmonização de Vinhos Italianos Tenuta Ulisse

Na última quinta-feira (20), o perfil @vinhosporetienne teve o privilégio de participar de um evento…

Palomina Bar: Novo Wine Bar em Brasília

Brasília, o terceiro maior polo gastronômico do Brasil, ganha um novo wine bar: o Palomina…

Directo del Viñedo Vendimia no Uruguai

Após ser realizado no Brasil e no Chile, o Directo del Viñedo Vendimia chega ao…