Gastronômade Brasil em Pirenópolis (GO). Veja como foi

A foto 1
Gastronômade Brasil – Restaurante sem paredes

Fui convidada a participar do Gastronômade Brasil – etapa Goiás. O tipo de evento perfeito para quem quer sair da agitação dos centros urbanos, curtir belas paisagens, conhecer gente de vários locais e apreciar a enogastronomia de alta qualidade de uma maneira bem diferente. Baseado no modelo de sucesso norte-americano criado pelo chef e artista Jim Denevan, o evento  pode até ser chamado de “restaurante sem paredes”, pois comidas sofisticadas são preparadas por top chefs convidados e banquetes são montados a céu aberto em uma grande mesa coletiva, sempre com vinhos ou espumantes para acompanhar os pratos. O último lote do ingresso foi vendido a R$305 por pessoa.

IMG_0015
Pessoas de diversos estados participaram da etapa Goiás realizada na Pousada Cavaleiro dos Pireneus em Pirenópolis- GO

A etapa Goiás foi realizada no dia 19 de setembro, em Pirenópolis, na Pousada Cavaleiro dos Pirineus (parceira do evento). O chef Emerson Mantovani, do Trio Gastronomia em Brasília, foi o escolhido para liderar o menu aliando gastronomia de qualidade e sustentabilidade. A Chandon Brasil foi a responsável pela harmonização. Emerson afirmou ter ficado muito satisfeito com o convite pelo fato de o Gastronômade apresentar um conceito atual, semelhante ao de outros eventos que viajam pelo mundo atingindo cada vez mais pessoas. Sem dúvidas, ele surpreendeu muita gente que não o conhecia oferecendo o melhor da sua gastronomia autoral e criativa em pratos contemporâneos e mostrou para as pessoas de diversos estados um pouco do que é a cozinha do Trio Gastronomia em Brasília.

IMG_9728
Ladeada à esq. pelo Chef Emerson Mantovani e à direita pelo proprietário da Pousada Cavaleiro dos Pireneus, Fernando Batista, e pelo representante do grupo Chandon Brasil, Luiz Aleixo

Ah! interessante ressaltar, que em algum de seus pratos ele usou produtos de alta qualidade de alguns parceiros do evento, como a fresca e macia mozzarela de búfala produzida pela Fazenda Tapuio no Rio Grande do Norte e o  chocolate intenso (meio amargo) ma-ra-vi-lho-so da Fazenda Sagarana produzido no município de Coaraci, proximo a Ilhéus – ambos aprovadíssimos!

FullSizeRender (2)
Mozzarela de Búfala utilizada no Bocconcino de búfala Tapuio com tomatinho e pesto de rúcula ao creme de leite – delícia
IMG_0091 (1)
Chocolate Sagarana produzido na Bahia utilizado na sobremesa

Menu – Assim que chegaram ao local, os participantes foram recebidos com um coquetel com creme frio de beterraba e provolone crocante; Bocconcino de búfala (da Tapuio) com tomatinho e pesto de rúcula; e Ragu de coelho com curry e pães tostados todos harmonizados com Chandon Brut Rosé.

Cópia de IMG_9828
A recepção foi realizada debaixo das palmeiras – entradinhas e espumante Chandon Brasil
Cópia de IMG_9771
Algumas das entradas servidas – Bocconciono de Búfala com tomatinho e pesto e Ragú de coelho com curry e pães tostados
Cópia de IMG_9748
Chandon Brut Rosé

Logo em seguida, foi servido o menu em quatro etapas. Para a entrada, o saboroso Tartar de lagosta e morango com Chandon Brut Rosé.

FullSizeRender

Cópia de IMG_9760

De primeiro prato principal, Rondele de bacalhau em molho de gengibre e limão siciliano acompanhado de Chandon Riche Demi-Sec.

IMG_0003

richedemisec

Depois, foi servido o segundo prato principal, Filé ao molho de café e cardamomo, brandade de batata, tomate, espinafre e chutney de manga com Chandon Excellence Rosé.

empé

FullSizeRender (1)

Finalizando a experiência gastronômica, sobremesa de Brulée de uísque e chocolate (da Fazenda Sagarana) com laranja caramelizada acompanhados de Chandon Passion.

IMG_0079

Harmonização Ousada – Particularmente, achei os pratos maravilhosos e também ouvi muitos elogios sobre o evento como um todo. Já a harmonização, confesso que  achei bem ousada. Apesar de não ser radical, costumo seguir, pelo menos, algumas regrinhas básicas para evitar o desequilíbrio de sabores entre vinho, no caso espumante, e comida, para que na boca um não ofusque o outro, mas apenas, complete. Dentre elas, a de harmonizar pratos leves com vinhos leves e pratos mais encorpados com vinhos mais encorpados (claro que levando em consideração molhos e condimentos). Por isso, no caso do Gastronômade Goiás, achei que o espumante acabou sendo ofuscado por alguns pratos, principalmente, os que levavam café e chocolate, que na verdade, são dois itens dificílimos de se harmonizar. No entanto, a própria Chandon Brasil foi a responsável pela harmonização, e aí entra aquela estória… ousar às vezes também é necessário para entender o mundo mágico da enogastronomia!

Cópia de IMG_9936
Todos os pratos foram harmonizados com espumantes da Chandon que ousou na harmonização

Saldo Positivo – De modo geral, o evento foi interessantíssimo e muito diferente do que estou acostumada. Fora que ainda tive a oportunidade de visitar novamente a Pousada Cavaleiro dos Pireneus e apreciar a bela paisagem local,  de comer produtos maravilhosos como os chocolates Casa Sagarana produzidos na Bahia (famosos inclusive no exterior), também a fresca e macia mozzarela de búfala Tapuio produzida no Rio Grande do Norte, de beber a deliciosa água de côco Liv, bem levinha e ideal para drinques, e, claro, de apreciar os deliciosos espumantes Chandon produzidos no Brasil (todos pelo método Charmat).

Cópia de IMG_9903
Brindando o saldo positivo do evento!
IMG_0105
Parceiros do evento

Grande Celebração – Para Renata Runge, fundadora do projeto no Brasil, ao mesmo tempo que o  Gastronômade é uma grande celebração, também tem seu papel educador e disseminador junto ao público, pois os próprios parceiros-produtores falam aos comensais sobre seus empreendimentos.

Cópia de IMG_9815
Eu e Renata Runge, fundadora do Gastronômade no Brasil

Sobre o Gastronômade – No Brasil, o evento surgiu em 2012, e já foi realizado em nove estados diferentes. Uruguai e Canadá também já sediaram o evento que visa aproveitar o alimento em sua totalidade, utilizar produtos locais, priorizar o pequeno produtor e os alimentos orgânicos. Em 2015, os estados contemplados em receber o Gastronômade foram Goiás, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Bahia, São Paulo. No dia 03 outubro, haverá uma edição extra com o Chef Arika Messa no Rio Grande do Sul. Os interessados devem entrar no site do evento.

unnamed-1 Veja mais fotos abaixo e também no Facebook do Blog clicando aqui.

 

Cópia de IMG_9823

Cópia de IMG_9835

Cópia de IMG_9865

Cópia de IMG_9770

Cópia de IMG_9773

Cópia de IMG_9774

Cópia de IMG_9778

 

Cópia de IMG_9833

Cópia de IMG_9840

Cópia de IMG_9844

Cópia de IMG_9849

IMG_9781

IMG_9787

Cópia de IMG_9872

Cópia de IMG_9890

IMG_0077

IMG_0086

IMG_0104

 

 

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Atrações WOW para férias em julho

Se você está planejando suas férias em Portugal neste mês de julho, uma visita ao…

Enólogo da Argento Apresenta Vinhos no Brasil

Nesta semana, o renomado enólogo argentino Juan Pablo Murgia, responsável pelos vinhos da Bodega Argento,…

Linha Carmen Reserva Frida Kahlo

Magdalena Carmen Frida Kahlo Calderón, nascida em 6 de julho de 1907, em Coyoacán, México,…

ORO, as adegas que conquistaram os brasilienses

Ter uma boa adega em um restaurante é indispensável. Não dá para caprichar na cozinha…