Vinícola portuguesa Churchill’s é novidade no portfólio da Inovini

No ano em que celebra seu 15º aniversário, a Inovini – divisão de vinhos da Aurora Fine Brands – traz uma novidade em seu catálogo: a renomada vinícola Churchill’s, do Douro, Portugal. Fundada em 1981 pelo enólogo Johnny Graham, cuja família tem uma tradição de seis gerações na produção de vinhos no Douro, a vinícola tem como compromisso a sustentabilidade e a intervenção mínima.

Desde sua fundação, a Churchill’s tem como objetivo criar um estilo único de vinhos, combinando métodos tradicionais com blending próprio. Trabalhando em estreita parceria com a Inovini, a linha Grafite chega ao Brasil em primeira mão. Esses novos rótulos valorizam o trabalho “artístico” dos enólogos, que se dedicam a produzir esses vinhos da maneira mais natural possível. A linha inclui blends (Branco, Tinto e Grande Reserva) e varietais de uvas autóctones (Touriga Nacional e Tinta Roriz).

Além disso, o portfólio da importadora recebe o vinho do Porto Tawny 10 anos, produzido com uvas ‘letra A’, colhidas e selecionadas manualmente, pisadas a pé nos lagares de granito da Quinta da Gricha e fermentadas apenas com leveduras indígenas. Também são incluídos os rótulos Meio Queijo, uma opção mais acessível elaborada com alta qualidade proveniente do Douro.

Linha Grafite
Os vinhos da linha Grafite da Churchill’s são frescos, vibrantes e focados na fruta, expressando todo o potencial das castas nativas do Douro. Dependendo do estilo do vinho, a fermentação pode ocorrer em lagares (tanques onde acontece a pisa tradicional das uvas), tanques de inox ou carvalho, envelhecendo em barricas maiores para um menor contato com a madeira ou tanques.

Churchill’s Estates Grafite Tinto (R$ 195,00 – preço sugerido)

Uva: blend de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Francisca e Tinto Cão

Amadurecimento: 30% do vinho estagiou 12 meses em barricas novas e usadas de carvalho francês.

Graduação alcoólica: 13,5%

Cor: vermelho-rubi

Aroma: apresenta aromas de flores e frutos silvestres, especiarias e ervas selvagens.

Sabor: frutos silvestres maduros e folha de tabaco seco, taninos suaves com um toque de especiarias e longo final.

A Churchill’s recomenda com: carnes vermelhas grelhadas e assadas, rosbife, bacalhau ao forno, além de embutidos e queijos duros.

 

Churchill’s Estates Grafite Branco (R$ 195,00 – preço sugerido)

Uva: blend de Rabigato e Vinhosinho

Amadurecimento: 20% do vinho estagiou 6 meses em barricas novas de carvalho francês.

Graduação alcoólica: 12%

Cor: amarelo-dourado brilhante

Aroma: aromas delicados de minerais, limão fresco, pera e biscoitos.

Sabor: firme e vibrante, com acidez suculenta e um final longo.

A Churchill’s recomenda com: pratos de frutos do mar, como camarões grelhados e lula empanada, peixes brancos, queijos suaves e saladas de verão.

 

Churchill’s Estates Grafite Touriga Nacional (R$ 275,00 – preço sugerido)

Uva: 100% Touriga Nacional

Amadurecimento: estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês de 2° e 3° ano de uso.

Graduação alcoólica: 13,5%

Cor: vermelho-rubi escuro

Aroma: apresenta aromas de amoras, manjericão, pimentão verde, cogumelos e especiarias.

Sabor: aveludado e muito bem equilibrado em boca, uma combinação de notas de pimentão verde e nuances de resina e minerais, terminando com uma excelente acidez natural. Ideal para consumo imediato ou guarda após 15 meses.

A Churchill’s recomenda com: carnes vermelhas (grelhadas, assadas ou cozidas), carnes defumadas e curadas, massas com molhos escuros e queijos intensos.

 

Churchill’s Estates Grafite Tinta Roriz (R$ 275,00 – preço sugerido)

Uva: 100% Tinta Roriz (Tempranillo)

Amadurecimento: 30% do vinho estagiou 12 meses em barricas novas e usadas de carvalho francês.

Graduação alcoólica: 14%

Cor: vermelho-rubi escuro

Aroma: apresenta aromas de frutas negras, especiarias, pimenta-preta e ervas frescas, como menta.

Sabor: encorpado e bem estruturado em boca, com notas de chocolate e cerejas maduras, terminando com uma acidez bem definida e um final seco.

A Churchill’s recomenda com: carnes vermelhas (grelhadas, assadas ou cozidas), carnes defumadas e curadas, massas com molhos escuros e saborosos

 

Churchill’s Estates Grafite Grande Reserva (R$ 520,00 – preço sugerido)

O Grafite Grande Reserva é produzido exclusivamente a partir de vinhas velhas (+50 anos) de propriedades localizadas nas sub-regiões do Cima-Corgo e Douro Superior, no vale do Douro. É um vinho com excelente potencial de envelhecimento.

Uva: blend de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Francisca e Tinto Cão.

Amadurecimento: estágio de 12 a 15 meses em barricas de carvalho francês.

Graduação alcoólica: 14%

Cor: Vermelho-rubi profundo

Aroma: exuberantes aromas minerais e de especiarias, com notas de envelhecimento em madeira bem integrada.

Sabor: fruta escura, sustentado por taninos firmes. Rico e intenso em boca, cheio de textura e complexidade num longo e persistente final.

 Churchill’s Porto

Os vinhos do Porto de Churchill’s tem como resultado um estilo mais elegante e seco. Os vinhos do Porto Tawny são elaborados com o tempo: a madeira e a experiência buscam equilíbrio entre a concentração do envelhecimento e o frescor da juventude combinados a cada lote.

Churchill’s Porto Tawny 10 anos (R$ 420,00 – preço sugerido)

Vinho licoroso tinto doce

Uva: blend de Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão.

Amadurecimento: envelhecimento por 10 anos em barricas de carvalho.

Graduação alcoólica: 19.5%

Cor: vermelho-tijolo

Aroma: complexo no aroma, combinando notas expressivas de frutos secos com nuances de casca de laranja.

Sabor: apresenta notas complexas de frutos secos com nuances de cerejas vermelhas, é um vinho com um caráter fresco e vibrante. Revela-se cheio na boca, mostrando excelente vinosidade e frescor e terminando num longo e persistente final.

A Churchill’s recomenda com: sobremesas portuguesas, como quindins e pastéis de nata, além de cocadas, pão de mel com doce de leite, doces com amêndoas, caramelizados e chocolates.

Leia também – Seis novos rótulos têm Indicação de Procedência Altos Montes recomendados

 

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

30 anos da ARBL

Brasília será o palco de uma celebração gastronômica especial em comemoração aos 30 anos da…

Piribier 2024

A 15ª edição do Piribier promete muita cerveja gelada e rock de qualidade. O evento…

Vinhos da Serra Gaúcha no Rio de Janeiro

Vinícolas da região da Serra Gaúcha marcam presença em dois eventos no Rio de Janeiro…

A experiência e as lembranças são as bases do enoturismo

O enoturismo nacional está ganhando destaque e importância crescente, tanto para a indústria do vinho…