Riesling Itálico da Aurora

Nesse post, falarei da Riesling Itálico.

Riesling Itálico produzido pela Aurora

Então, essas duas uvas são bem diferentes quando o assunto é perfil de sabor, capacidade aromática e potencial de envelhecimento. Infelizmente, como normalmente ambas são chamadas apenas de “Riesling” acaba gerando uma baita confusão.

Esse da foto, é Riesling Itálico, viu? Curti muito o vinho com meu marido. Estava um dia bem quente quando abrimos a garrafa e foi um fator positivo para apreciarmos a bebida ainda mais.

@vinicolaaurora produz esse c com uvas vinhas plantadas em Pinto Bandeira – RS, uma região que está a 730m do nível do mar e tem vocação natural para o cultivo de uvas brancas. Esse vinho é bem leve e fresco, de cor amarelo palha com toques esverdeados. No nariz ele tem aromas bem delicados de frutas tropicais, como Abacaxi, e também mostra um pouco de frutas brancas, como pêssego e pera. Na boca é muito fresco e equilibrado. Tem boa acidez. Vinho perfeito para tardes quentes e para harmonizar com frutos do mar e peixes.

Preço médio: R$65,00.

Você gosta mais de Riesling Itálico ou Riesling Renana?

Sobre a vinícola –

A história da AURORA inicia em 1875, com a chegada de imigrantes oriundos do norte da Itália. Estabelecidos na Serra Gaúcha, no Sul do Brasil, encontraram paisagens e clima similares aos de seu país de origem. Os hábitos e a cultura europeus não foram abandonados: a antiga arte da vitivinicultura logo teve sua retomada.

No dia 14 de fevereiro de 1931, dezesseis famílias de produtores de uvas do município de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, reuniram-se para lançar a pedra fundamental do que viria a se transformar no maior empreendimento do gênero do Brasil: A COOPERATIVA VINÍCOLA AURORA.

Leia também – Zorzal Eggo Blanc de Cal – Um excelente Sauvignon Blanc Argentino 

 

Comentários
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Quem Sou

Sou jornalista especialista em vinhos e em comunicação digital. Sou sommelier Fisar e diretora da Associação Brasileira de Sommeliers do DF. Possuo qualificação Nível 3 (Wine Spirit Education Trust) e o Intermediário do ISG. Também tenho certificado em vinhos franceses (FWS) e vinhos californianos (CWAS).

Categorias

Veja Também

Vinhos para curtir no outono

Com a chegada do outono e suas temperaturas amenas, o clima agradável entre o fim…

Setor vitivinícola do Rio Grande do Sul será o primeiro projeto de localg.a.p do Brasil

Produtores rurais, vinícolas e indústrias de processamento de uva estão concluindo as auditorias para a…

Restaurante de chefs famosos em São Paulo usa tecnologia para evitar quebras de estoque e até gerir abertura de garrafas de vinhos

A eficiência na gestão de estoque é um componente crucial para o sucesso de bares,…

Bla’s Cozinha de Culturas lança novo menu executivo

O restaurante Bla’s Cozinha de Culturas, situado na 406 Norte, está lançando seu novo menu…